O novo salário mínimo vai mexer nos valores do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), isso porque, o aumento acarreta mudanças nas contribuições, aposentadorias e também pensões.

Para quem realiza o recolhimento do INSS como contribuinte facultativo ou individual e recolhem o sobre o valor do salário mínimo só sentirão o impacto do aumento do salário em fevereiro de 2022.

Novo salário mínimo

A inflação no Brasil está próxima dos 7%, o que gera uma grande preocupação, principalmente porque os preços não param de subir, tirando o poder de compra dos trabalhadores. O novo salário mínimo para 2022 deverá ter um dos maiores reajustes desde 2016. Com isso, o mínimo deverá passar de R$ 1.100 para R$ 1.177. Mas, ainda estará longe do ganho real.

Novo mínimo deverá passar de R$ 1.100 para R$ 1.177. Mas, ainda estará longe do ganho real. (Foto: Reprodução)Novo mínimo deverá passar de R$ 1.100 para R$ 1.177. Mas, ainda estará longe do ganho real. (Foto: Reprodução)

Como ficam as aposentadorias e pensões para 2022

A maioria dos segurados do INSS recebem sob o piso nacional, sendo assim, em 2022, ficando confirmado o novo valor, o aposentado e pensionista receberá R$ 1.177.

Já para os aposentados que recebem valores superiores ao salário mínimo, terão o reajuste baseado no Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).

Para o governo, a cada R$ 1 de aumento no salário mínimo sai dos cofres públicos anualmente R$ 330 milhões de despesas.

Quando muda o valor do salário mínimo muda também o teto do INSS, que atualmente está em R$ 6.351. O novo valor do salário indo para R$ 1.177, o teto do INSS passará para R$ 6.624,30. E como tudo é um efeito cascata, o limite a ser levado a justiça também será maior já que confere a 60 salários mínimos, que ficará em R$ 68.820.

A mudança no salário interfere também no pagamento dos benefícios, alterando os valores que aposentados e pensionistas recebem. Entre eles: auxílio-doença, pensão por morte e Benefício de Prestação Continuada (BPC). Cerca de 70% dos beneficiários da Previdência recebem um salário mínimo.