Com a produção de energia solar, Ramon Campelo, diretor de Mineração da Secretaria de Estado da Mineração, Petróleo e Energias Renováveis, destaca a diferença entre geração de energia centralizada, que trata das grandes centrais fotovoltaica que produzem energia e enviar aos consumidores por meio das linhas e redes de transmissão. Já a geração distribuída trata-se das mini e micro usinas localizadas em residências, comerciais ou terrenos destinados para tal. Estas são conectadas diretamente na rede de distribuição das concessionárias.

No cenário da geração centralizada, o Piauí tem um total de 29 empreendimentos em operação (1,033 GW de potência instalada), 5 empreendimentos em construção (215,16 MW ou 0,215 GW) e 74 empreendimentos com construção não iniciada (2,753 GW).

No cenário da geração distribuída, o estado tem cerca de 190 MW de capacidade instalada, totalizando 17.453 micro e mini usinas espalhadas em 215 municípios piauienses.

Piauí é destaque na produção de energia solarPiauí é destaque na produção de energia solar