mais

Piauí tem 2 municípios entre os maiores produtores de mel do Brasil

São Raimundo Nonato ocupa a sexta posição e Picos está na décima posição.

Os municípios de São Raimundo Nonato e de Picos estão entre os dez maiores produtores de mel do País. Eles ocupam a sexta e a décima posição, respectivamente. Os dados são da Pesquisa da Pecuária Municipal (PPM) 2020, realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 

O levantamento destaca que o Piauí é o maior produtor de mel do Nordeste e o terceiro maior do Brasil. O Piauí gerou 5,6 mil toneladas de mel em 2020 e 9,4% desse total foi produzido no município de São Raimundo Nonato. Com produção de 533 toneladas de mel, o município se tornou o maior produtor da iguaria no estado e o sexto maior do país.

Segundo o supervisor de Pesquisas Agropecuárias do IBGE no Piauí, Pedro Andrade, vários motivos levaram ao aumento da produção em São Raimundo Nonato. Entre eles, incentivos dados ao município para a produção de mel, melhora no preço pago ao produtor e crescimento da demanda. “Houve, inclusive, instalação de postos de compra para remessa a indústrias em outros estados, além do município contar com boa infraestrutura e organização neste setor através das associações de apicultores”, destaca Andrade.

Casa Apis, em Picos, cidade é destaque na produção de mel (Divulgação)Casa Apis, em Picos, cidade é destaque na produção de mel (Divulgação)

Picos: 406 toneladas

No Piauí, a liderança da produção de mel era do município de Picos desde 2017. Com São Raimundo Nonato à frente, restou a Picos a segunda posição no estado e a décima no país. Os apicultores picoenses obtiveram 406 toneladas de mel no ano passado, ou seja, cerca de 23,7% menos que São Raimundo Nonato.

O mel produzido no Piauí, em 2020, está avaliado em cerca de R$ 46 milhões. Desse valor, o município de São Raimundo Nonato gerou R$ 4 milhões e o município de Picos R$ 3,4 milhões. Juntas, as duas cidades são responsáveis por 16,5% do volume e por 15,9% do montante total gerado pelo mel no estado.

Apenas os estados do Paraná e do Rio Grande do Sul superam o Piauí em volume de mel. A produção paranaense foi de 7,8 mil toneladas e a gaúcha de 7,4 mil toneladas em 2020. O Brasil gerou 51 mil toneladas de mel no ano passado: desse total, o Paraná produziu 15,2%, o Rio Grande do Sul contribuiu com 14,5% e o Piauí teve participação de 11%.

Tópicos

comentários

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail