Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Suzano Papel e Celulose investe US$ 1,8 bilhão e gera 20 mil empregos no Piauí

A fábrica será instalada no próximo em um terreno superior a 100 mil hectares na região de Nazária

Suzano Papel e Celulose investe US$ 1,8 bilhão e gera 20 mil empregos no Piauí
Suzano Papel e Celulose investe US$ 1,8 bilhão e gera 20 mil empregos no Piauí | Montagem/Meio Norte
Compartilhe

O secretário estadual de fazenda, Antônio Neto, destacou que a instalação da Suzano Papel e Celulose trará geração de emprego, estímulos a novos investimentos, aumento das receitas estaduais, e a diversificação da base produtiva do Piauí. ?Hoje é um dia histórico para o Piauí, nós começamos a virar a página.Essa conquista se deve a credibilidade criada com a situação fiscal favorável do Estado. Um trabalho de equipe das Secretarias da Fazenda, Planejamento e Governo?, destacou Antônio Neto.

Wellington Dias informou que o investimento será de US$ 1,8 Bilhão. ?É o maior investimento já feito no Estado, superando até mesmo o da Vale do Rio Doce, que explora níquel em Capitão Gervásio de Oliveira?, destacou o governador do Piauí.

A fábrica será instalada no próximo em um terreno superior a 100 mil hectares na região de Nazária, integrante da Grande Teresina. A empresa deve produzir 1,3 milhão de tonelada/ano de celulose no Estado.

Entre os benefícios concedidos à Suzano, estão a dispensa do pagamento do ICMS e o compromisso de promover a melhoria das condições de infra-estrutura, saúde e educação dos municípios sob influência do empreendimento no Estado.

Já a Suzano, comprometeu-se a cumprir a legislação de preservação do meio ambiente, apoiar programas de pesquisa e desenvolvimento tecnológico de entidades universitárias públicas e privadas sediadas no Piauí, dar prioridade à contratação de piauienses ou de residentes no Estado há mais de dois anos e, para que isso ocorra, a empresa deverá investir na capacitação de recursos humanos locais, para que na época oportuna haja oferta de mão-de-obra qualificada direcionada para o Projeto.

O governador Wellington Dias assinou o convênio, no Palácio de Karnak, com o diretor-presidente da Suzano Papel e Celulose, Antônio Maciel Neto, e o diretor executivo, Rogério Ziviane.

Antônio Neto concede entrevista no Jornal Agora, da TV Meio Norte. Foto: Viviane Oliveira

Geração de Empregos

A fábrica vai produzir 25% de todo o papel do Brasil, usando o eucalipto como matéria-prima, garantindo cerca de 20 mil empregos diretos e indiretos no Estado.

Somente na implantação da fábrica, que contará também com um ramal ferroviário de 30 quilômetros de extensão, ligando Nazária a Teresina, serão oferecidos 8 mil empregos. Com isso, Nazária, se tornará um dos municípios de maior receita do Estado.

Preocupação com Meio Ambiente

Wellington Dias explicou que a vinda da Suzano começou a ser negociada com a criação do Programa de Desenvolvimento Florestal. A Suzano irá plantar cerca de 300 mil hectares de eucalipto no Piauí, mas vai começar a funcionar usando uma plantação que possui no Maranhão. ?Como o eucalipto leva sete anos para chegar ao ponto de corte, isso vai garantir o seu funcionamento imediato?, explicou o governador do Piauí.

Wellington Dias destaca que a Suzano possui o ISO 14000, certificando o trato adequado com o Meio Ambiente. ?O Piauí vai viver um novo momento econômico e em qualidade de vida?, disse o governador do Estado.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar