Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Turismo on-line cresce no país e deve movimentar R$ 13 bilhões

No Brasil, o setor de turismo tradicional movimentou R$ 229 bilhões em 2011.

Compartilhe

O turismo on-line deve movimentar neste ano R$ 13 bilhões no Brasil, incluindo a venda de pacotes, passagens e serviços relacionados. O crescimento é estimado em 20% em relação ao ano passado, de acordo com estudo da Braspag, empresa que atua em plataformas de pagamento para o comércio eletrônico.


Turismo on-line cresce no país e deve movimentar R$ 13 bilhões

As informações do potencial do turismo on-line foram compiladas a partir da venda pela internet de sites de empresas como TAM, Decolar.com, Hotel Urbano (site de compras coletivas em turismo) e Fly Tour, entre outros.

No Brasil, o setor de turismo tradicional movimentou R$ 229 bilhões em 2011 --ou 3,7% do PIB nacional, segundo o IBGE. Neste ano deve chegar a R$ 238,5 bilhões.

"O turismo on-line é um mercado que começou atrelado a venda de passagens, com a Gol. Hoje chama atenção, principalmente se comparado à venda de produtos pela internet", afirma Gastão Mattos, presidente da Braspag. Dados da Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico mostra que a venda de bens de consumo deve chegar a R$ 22,5 bilhões neste ano.

Os destinos mais procurados pelos viajantes que fazem reservas on-line são os nacionais, principalmente no Nordeste. Fora do país, os destaques são Estados Unidos (50% para Orlando e Miami, 30% para Nova York e 20% divididos entre Las Vegas, California e outros) e Argentina.

"Existem cerca de 20 destinos responsáveis por 80% das vendas on-line", diz Luiz Vieira, do comitê de compras coletivas da Câmara. "Na compra coletiva, hospedagens pequenas, não exploradas pelo turismo tradicional, ganham destaque no litoral norte de São Paulo, no Rio e em Santa Catarina."

Com o incremento dos negócios no setor, a CVC, maior operadora de turismo do país, lançou há cerca de dois meses uma nova versão de seu site para o consumidor poder comprar separadamente passagens aéreas e estadias em hotéis. Em média são 100 mil visitantes por dia.

A Flytour Viagens (do grupo Fly Tour) criou em seu portal um serviço de crédito pré-aprovado que permite ao agente de viagens fazer compras 24 horas on-line.

Segundo a empresa, toda agência cadastrada recebe um crédito inicial, que lhe dá autonomia para fazer transações de compra de pacote, parte aérea, hotel ou aluguel de carro.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar