Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

"Ela foi uma heroína", diz sargento que salvou mãe arrastada por carro

"Ela foi uma heroína", diz sargento que salvou mãe arrastada por carro

Compartilhe

"A m?e foi uma hero?na. Foi uma leoa na defesa de seus filhos." A frase do sargento Arlindo Carmo, da Academia de Pol?cia Militar do Rio Grande do Sul, faz refer?ncia ? dentista Maria Teresa Ferreira, de 43 anos, que foi arrastada por um carro por pelo menos 20 metros, na ter?a-feira (4), na tentativa de salvar seu filho de 8 anos. Ele socorreu a m?e, os filhos e ajudou a prendeu os adolescentes que tentaram roubar o ve?culo.

Maria Teresa foi abordada por dois assaltantes na ter?a-feira (4), em Porto Alegre, quando seguia em dire??o ? escola dos filhos. Ela conseguiu tirar a crian?a de 6 anos do ve?culo e, quando se preparava para pegar o filho mais velho, de 8 anos, os ladr?es arrancaram. Segurando-se na porta, a m?e foi arrastada. Apesar das dificuldades, ela conseguiu tirar o menino do autom?vel.

O sargento Carmo estava em um posto de combust?veis e viu a movimenta??o. "O frentista me falou: "olha, aquele carro est? sendo assaltado", lembra. "Fui correndo at? l?. Um colega [policial] estava passando e me ajudou a deter os meliantes."

Carmo diz que toda a a??o "foi r?pida demais". "Em quest?o de tr?s, quatro minutos, socorremos a m?e e demos voz de pris?o." O sargento disse que lembrou da sua fam?lia quando socorreu Maria Teresa. Ele ? pai de cinco filhos, com idade entre 12 e 25 anos.

Os assaltantes - dois adolescentes de 16 e 14 anos - foram encaminhados para o Departamento Estadual da Crian?a e do Adolescente. Logo que foi detido, o mais novo havia informado aos policiais que tinha 12 anos.

Maria Teresa est? com escoria?es no lado direito do corpo, mas disse que n?o teve ferimentos graves. Seus filhos, uma menina de 6 anos e o menino de 8 anos, passam bem. "Na hora, s? pensei na seguran?a dos meus filhos. O resto ? bobagem", disse ao G1.

Na quarta-feira (5), um dia depois da tentativa de assalto, a dentista afirmou que iria retomar a rotina da fam?lia. "Vou levar as crian?as at? a escola, para elas terem contato com amigos e voltarem ? rotina."


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar