Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

"Ele era descuidado", diz ex-mulher de Trump sobre prevenção à Covid

Em entrevista coletiva, a equipe médica da Casa Branca informou que Trump está respirando sem o auxílio de aparelhos e melhorando. Nesta tarde, ele chegou a publicar nas redes sociais que estava bem.

Compartilhe

A ex-mulher do presidente norte-americano Donald Trump, Ivana, disse que o republicano era "descuidado" e está preocupada com a sua saúde. Trump foi internado em Washington na última sexta (2) após ser diagnosticado com covid-19. 

"Ele era descuidado, não pensava que aconteceria com ele", contou a ex-mulher de Trump à revista People. Ela disse que está em contato constante com os três filhos que compartilha com o presidente e que a família está em alerta.

"É um período muito difícil, um estresse. Conversei com meus filhos e eles, claro, estão preocupados", afirmou Ivana. Ela foi casada com Trump por 15 anos, entre 1977 e 1992, período em que tiveram os filhos Donald Jr, Eric e Ivanka. 

LEIA MAIS: Donald Trump é levado para hospital após diagnóstico de Covid-19

LEIA MAIS: Com Covid-19, Trump deverá passar vários dias internado

LEIA MAIS: Covid-19: Equipe médica diz que Trump está bem e não recebe oxigênio

Trump com eleitores durante o comício em Tulsa, retomando a campanha presidencial, em 20 de junho - Imagem: Divulgação 

Trump foi internado na noite de ontem após a confirmação de que ele e a primeira-dama, Melania, estavam com covid-19. Desde então, as informações divulgadas têm sido contraditórias.

Em entrevista coletiva, a equipe médica da Casa Branca informou que Trump está respirando sem o auxílio de aparelhos e melhorando. Nesta tarde, ele chegou a publicar nas redes sociais que estava bem.

LEIA MAIS: Trump e Melania testam positivo para Covid-19 a um mês das eleições

LEIA MAIS: Obeso, hipertenso e doença cardíaca: Com Covid, Trump é de alto risco

No entanto, o chefe de gabinete da Casa Branca, Mark Meadows, apresentou um quadro diferente em conversas com a imprensa neste sábado. Segundo ele, as últimas 24 horas de Trump foram "muito preocupantes" e as próximas 48 serão "cruciais".

Trump, que já minimizou diversas vezes o efeito da doença, foi diagnosticado com covid em meio à campanha eleitoral pela reeleição e poucos dias após o primeiro debate televisivo contra o democrata Joe Biden. A votação está marcada para o dia 3 de novembro.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar