TSE afirma que 11 cidades receberão policiamento no 2º turno

São 57 cidades com segundo turno neste domingo (30).

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) afirmou neste sábado (29), que a Força Nacional de Segurança e as Forças Armadas vão atuar no reforço para o esquema de policiamento em 11 cidades de quatro estados do Brasil, no segundo turno das eleições que acontecem neste domingo.

São elas: Fortaleza, no Ceará; São Luís, no Maranhão; Maringá, Curitiba e Ponta Grossa, no Paraná; e Rio de Janeiro, São Gonçalo, Nova Iguaçu, Belford Roxo, Duque de Caxias e Niterói, no Rio de Janeiro.

Segundo o Ministério da Defesa, que coordena a atuação das Forças Armadas, o objetivo do apoio durante o final de semana das eleições é manter as condições necessárias para que a população possa votar com tranquilidade.

Força Nacional (Crédito: Reprodução)
Força Nacional (Crédito: Reprodução)

Para o Nordeste, foi solicitada a presença das tropas nos estados do Maranhão e Ceará, onde o efetivo será de cerca de 4,2 mil militares do Exército, segundo o Ministério da Defesa. Desse total, 600 serão alocados em São Luís e 3,6 mil em Fortaleza.

Os pedidos de reforço na segurança foram feitos nas duas cidades por causa de ocorrências registradas no primeiro turno. Em São Luís, ônibus e escolas foram incendiados por criminosos que promoveram uma onda de ataques na cidade. Já em Fortaleza, os juízes que fizeram o pedido relataram oito episódios de "excessos e omissões por parte de policiais".

Na região Sudeste, o pedido do TSE para atuação das Forças Armadas foi para o estado do Rio de Janeiro. Lá, cerca de 6 mil militares atuarão em seis cidades. Já na região Sul, as Forças Armadas atuarão no Paraná, nas cidades de Curitiba, Ponta Grossa e Maringá, com aproximadamente 1,5 mil militares.

Na região Norte, apenas a cidade de Manaus contará com o apoio de tropas federais. Cerca de mil militares deverão reforçar a segurança nos locais de votação e apuração.

São 57 cidades com segundo turno neste domingo (30). Para o primeiro turno das eleições, realizado no dia 2 de outubro, o TSE autorizou o envio de tropas da Força Nacional e das Forças Armadas para 467 municípios de 14 estados: Acre, Alagoas, Amazonas, Goiás, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Pará, Piauí, Paraíba, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Sergipe e Tocantins.

Fonte: Com informações do G1
logomarca do portal meionorte..com