Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Em Brasília, 90 prefeitos piauienses buscam recursos devido crise

Prefeitos participam da Mobilização Nacional Municipalista.

Compartilhe
Google Whatsapp

Mais de 90 gestores piauienses desembarcaram em Brasília para a Mobilização Nacional Municipalista, que faz parte da campanha Não Deixem os Municípios Afundarem. Na oportunidade, eles foram recebidos em Sessão Solene no Congresso Nacional, realizada no Plenário Ulysses Guimarães da Câmara dos Deputados, na manhã desta terça-feira, 21 de novembro. As ideranças tiveram a oportunidade de falar sobre a pauta do movimento e a situação de crise financeira dos municípios do alto da tribuna da Casa legislativa.

Gestores buscam recursos em Brasília (Crédito: APPM)
Gestores buscam recursos em Brasília (Crédito: APPM)

Aberta pelo deputado Caetano (PT-BA), o parlamentar deu início a sessão com a leitura da carta aos prefeitos escrita pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que afirmou que "a crise de arrecadação força a pressão por mudanças". Em seguida, a palavra foi concedida ao presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Paulo Ziulkoski, que capitaneia a mobilização. A liderança municipalista nacional iniciou seu discurso saudando todos os parlamentares presentes no Plenário para, em seguida, abordar a pauta da campanha.

As matérias fundamentalmente abrangem formas de corrigir falhas em relação à distribuição de responsabilidades e direitos atribuídos aos Entes, que acaba por sufocar as finanças municipais.

"A dívida de precatórios dos Municípios brasileiros remonta a R$ 41 milhões, os Municípios não estão conseguindo pagar e tem suas arrecadações sequestradas", disse ele.

"A questão mais séria de todas é a atualização dos programas federais. Têm 390 programas criados no Brasil, esse é o problema. É neles que estão a situação caótica das Prefeituras. Na época que foi criado, há 15 anos, não pagavam nem 30% e esse valor nunca foi atualizado. O que está quebrando os Municípios são estes programas, isso é gravíssimo, temos que atualizar esses valores", prosseguiu ele.


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp
Carregar os comentários (0)

comentários

fechar comentários
Nenhum comentário feito até o momento

veja também

Recomendamos

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Fique por dentro

Receba notícias quentinhas diretamente no seu whatsapp

Continuar

Falta pouco, agora escolha as categorias que deseja receber notícias

Aperte (ctrl + clique) para selecionar vários
Pronto!

Agora você passará a receber novidades diretamente no seu whatsapp.

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto