Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Em novo decreto, prefeito restringe pessoas em áreas públicas de lazer

Segundo o prefeito, ainda era intensa a presença de pessoas em espaços como as avenidas Raul Lopes e Marechal Castelo Branco.

Compartilhe
Google Whatsapp
Siga-nos

Em um novo decreto, assinado pelo prefeito Firmino Filho, a Prefeitura de Teresina suspende o acesso e frequência das pessoas em parques públicos municipais, áreas públicas de recreação, lazer, de práticas esportivas que possam proporcionar a aglomeração de pessoas. O decreto é mais uma medida adotada pela gestão municipal para conter o avanço do novo coronavírus.

Segundo o prefeito, ainda era intensa a presença de pessoas em espaços como as avenidas Raul Lopes e Marechal Castelo Branco, para a prática de caminhadas e corridas. “A presença das pessoas nesses locais ainda está muito grande e, por conta disso, fizemos esse decreto. É preciso, de qualquer forma, evitar a aglomeração de pessoas e estamos fazendo o que tiver ao nosso alcance para preservar a vida da população”, frisou.

De acordo com o decreto, a Guarda Municipal está autorizada a conter qualquer tipo de aglomeração ou grande circulação de pessoas. A medida já entra em vigor de forma imediata e deve durar enquanto estiver estabelecido o estado de calamidade pública em saúde na capital. Medidas semelhantes já foram adotadas em outros Estados e municípios, que proibiram o acesso a praias e calçadões. Os especialistas orientam um distanciamento mínimo de pelo menos dois metros entre as pessoas.

Desde que os primeiros casos do novo coronavírus foram divulgados no país, a Prefeitura de Teresina vem adotando medidas para evitar a proliferação do vírus na capital. Entre as medidas está a proibição de funcionamento dos estabelecimentos de comercialização e serviços, salvo aqueles que constituem serviços essenciais como alimentação e saúde. Outra medida foi a suspensão das aulas na rede pública municipal de ensino. Todas as medidas estão sendo acompanhadas e fiscalizadas de perto pela Guarda Municipal.

Depois da edição dos decretos, mais de 2 mil estabelecimentos foram notificados e fechados pela Guarda por estarem descumprindo as determinações. A população pode e deve cooperar denunciando o descumprimento dessas medidas. O cidadão pode denunciar estabelecimentos que estejam funcionando irregularmente através dos números 153, (86) 3215-9317 ou falar diretamente com o WhatsApp da Guarda Municipal, por meio do número (86) 99438-0254. Além disso, o cidadão pode também acessar o Colab para denunciar.


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp
Siga-nos

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar