Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Em Teresina, seminário discute o novo Nordeste e o Brasil

Embora não sendo a região mais desenvolvida economicamente, é a mais rica do Brasil

Em Teresina, seminário discute o novo Nordeste e o Brasil
Em Teresina, seminário discute o novo Nordeste e o Brasil | Divulgação
Compartilhe

A abertura do semin?rio O novo Nordeste e o Brasil aconteceu, na noite dessa quinta-feira (15), no audit?rio do Sebrae, e contou com a presen?a do governador Wellington Dias, do ministro da Cultura, Gilberto Gil; do secret?rio-geral da Presid?ncia da Rep?blica, ministro Luiz Dulci; e do presidente da Funda??o Perceu Abramo, Ricardo de Azevedo.

Segundo Ricardo de Azevedo, o Piau? sedia o primeiro de uma s?rie de encontros que ser?o realizados pelo Nordeste, sendo que em 2009 o encontro est? agendado para Recife. O semin?rio, que termina no s?bado (17), visa discutir o Nordeste, observando o desenvolvimento econ?mico, cultural, a irriga??o e as formas de financiamento. A proposta ? fazer uma publica??o com os resultados do semin?rio.

O ministro da Cultura disse que o Nordeste, embora n?o sendo a regi?o mais desenvolvida economicamente, ? a mais rica do Brasil em termos culturais, no pensamento filos?fico e pol?tico. Ele destacou ainda que o nordestino foi capaz de produzir riquezas no Sul do pa?s e colonizar a Amaz?nia, que ? uma mistura das culturas ind?genas e nordestinas, segundo ele.

O governador Wellington Dias falou sobre o trabalho conjunto dos governadores em desenvolver o Nordeste, pois atualmente n?o h? como trabalhar isolados, pois s?o muitos desafios em comuns, riquezas e potencialidades semelhantes.

Segundo o governador, o Nordeste tem muitas riquezas que se estivessem presentes em outras regi?es, elas j? estariam sendo exploradas, gerando emprego e qualidade de vida.

Na abertura, o ministro Luiz Dulci proferiu a palestra O Nordeste no contexto do PAC, em que destacou a preocupa??o do governo Lula com o Nordeste, trabalhando a regi?o no projeto de desenvolvimento nacional, pensando um plano de crescimento integrado com todas as regi?es e provocando transforma?es sociais.

O secret?rio-geral destacou ainda a necessidade de trabalhar o Nordeste em conjunto, mas mantendo as particularidades de cada estado, pois essas diferen?as s?o riquezas. ?? preciso superar as desigualdades, valorizando as diferen?as?, afirmou, declarando que o crescimento ? resultante do compartilhamento de conhecimento, de renda e de poder.

Ele declarou ainda que no momento est?o surgindo um novo Brasil e um novo Nordeste, que est?o consumindo e crescendo mais e que chegou a hora dessa regi?o se industrializar e o Governo Federal est? trabalhando para isso, pois vai investir at? 2010 R$ 80 bilh?es na regi?o na produ??o e gera??o de energia, constru??o de hidrovias, estradas, aeroportos, gasodutos e refinarias.

O semin?rio discute, nesta sexta-feira (16), ?s 9h, um projeto para o Nordeste brasileiro, com a economista T?nia Bacelar e participa??o de secret?rios estaduais de Fazenda e Planejamento, Ant?nio Neto e S?rgio Miranda, respectivamente. No per?odo da tarde, ?s 14h, o tema ser? a identidade cultural do Nordeste, com os expositores Cineas Santos e S?nia Terra, presidente da Fundac. No s?bado, haver? palestra com Jos? Machado sobre o Nordeste no caminho das ?guas e no encerramento, ser? proferido palestra com o deputado federal Zez?u Ribeiro sobre as Ag?ncias e parceiros do desenvolvimento do Nordeste. As palestras de sexta-feira e s?bado acontecem no audit?rio do CCHL, da Universidade Federal do Piau?.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar