Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Emissões do passe livre contará com 20 atendimentos diários em THE

O documento garante a gratuidade do transporte público para idosos e pessoas com deficiência e já pode ser solicitado.

Compartilhe

Teve início nesta quinta-feira (10) as entregas do cartão do Passe Livre na sede da Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi). O documento garante a gratuidade do transporte público para idosos e pessoas com deficiência e já pode ser solicitado em qualquer um dos 19 Centros de Referência em Assistência Social (CRAS) em Teresina. Devido à necessidade de evitar aglomerações, serão realizados, no máximo, 20 atendimentos por dia.

 “O retorno dos atendimentos é muito importante: temos pessoas com deficiência e idosos que atendem aos critérios e precisam desse benefício para se deslocar para realização de consultas, exames e outras necessidades”, explica Larissa Rêgo, assistente social da Gerência de Proteção Especial da Semcaspi.

A população contemplada pelo benefício pode comparecer ao CRAS mais próximo portando cópias do RG, CPF, comprovante de residência e laudo médico que comprove deficiência, se necessário. Após o cadastro, será realizado um agendamento para a data de recebimento do cartão do Passe Livre.

Passe livre (Divulgação)

“Tanto os idosos como boa parte das pessoas com deficiência fazem parte dos grupos de risco para Covid, então é necessário que elas sejam atendidas com segurança, mantendo o distanciamento social”, ressalta Larissa. “Os atendimentos vêm ocorrendo de maneira tranquila, já que a família só vem acessar o serviço após o agendamento emitido pelos CRAS e portando o comprovante desse agendamento”.

Têm direito ao benefício do Passe Livre: usuários com 65 anos ou mais e pessoas com algum tipo de deficiência, seja física, auditiva, intelectual ou mental, visual ou múltipla que sejam comprovadamente carentes financeiramente. A população pode entrar em contato com o número (86) 3131-4725 ou com a unidade socioassistencial mais próxima e solucionar eventuais dúvidas restantes.

Com informações da PMT

 


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar