Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Encontro traça estratégias para convivência com a seca

Encontro traça estratégias para convivência com a seca

Compartilhe

O encontro entre o representante nacional do Projeto Dom Helder C?mara (Minist?rio do Desenvolvimento Agr?rio), Expedito Rufino, integrantes da sociedade civil, comunidades quilombolas, Governo do Estado e municipal aconteceu em S?o Raimundo Nonato, nos dias 17 e 18, e teve como meta tra?ar melhorias para aquela regi?o do semi-?rido. Foram dois dias de troca de experi?ncias, planejamentos e desafios.

Para Expedito Rufino, o encontro serviu n?o somente para avaliar os resultados do projeto naquela regi?o, mas principalmente para equacionar as dificuldades e contribuir para encontrar formas de melhorar a qualidade de vida das comunidades, respeitando o meio ambiente e todas as limita?es daquele espa?o. ?Juntos, Governo do Estado, Governo Federal e os movimentos sociais e do campo, mostram ter for?as para construir um mundo melhor. Vi isso durante esse encontro?, comentou.

A coordenadora do Programa Permanente de Conviv?ncia com o Semi-?rido (Casa do Semi-?rido), L?cia Ara?jo, disse que a participa??o das comunidades quilombolas no processo de melhoria da qualidade de vida faz parte das metas do Projeto Dom Helder C?mara. ?Portanto, uma comunidade que melhora na nossa regi?o ? de nosso interesse. O Programa de Conviv?ncia com o Semi-?rido se comprometeu em articular pol?ticas p?blicas entre Governo e comunidades e ? isso que estamos fazendo, incansavelmente?, afirmou.

Entre os representantes das comunidades quilombolas, Azul?o, l?der quilombola da regi?o de S?o Raimundo Nonato, afirma que adquirir informa?es e acumular experi?ncias contribuem muito para a forma??o da comunidade. ?O encontro promoveu a integra??o sociocultural entre todas as entidades presentes?, confirmou.

Germano de Carvalho, diretor estadual do Movimento dos Sem-Terra (MST), relata que a reuni?o mostrou os resultados e prestou contas das a?es do projeto na regi?o de S?o Jo?o do Piau?. Francisca Gilberta, da Federa??o dos Trabalhados Rurais (Fetag), falou que o encontro foi positivo e que as comunidades v?o poder colher excelentes frutos a partir de ent?o. ?Tudo que trouxer novos caminhos para nosso povo ? bem-vindo. Estamos muito satisfeitos?, disse.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar