Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Enxurrada abre buracos e prejudica comunidade em Fortaleza

Além de formar verdadeiras crateras no asfalto, as chuvas também têm levado areia para a pista

Compartilhe

Al?m de conviver com a ?gua acumulada pela chuva, misturada ao lixo, moradores Morro Santa Terezinha e proximidades do Bairro Vincente Pinz?n enfrentam tamb?m, neste per?odo, enormes buracos no asfalto, que dificultam o tr?nsito de motoristas e pedestres.

Na Rua Dolor Barreira, por exemplo, ?nibus e carros t?m que fazer manobras muito arriscadas para passar pr?ximo a um grande buraco, disputando, perigosamente, o espa?o com os pedestres.

De acordo com a comerciante Maria Kest Gomes do Carmo, que levava seu irm?o ? escola pr?ximo ao meio-dia, o buraco est? no local desde o in?cio das chuvas e ? causado pela for?a da ?gua que desce o morro. ?Toda vida que chove ? assim. A Prefeitura at? j? fechou o buraco uma vez, mas quando chove, ele abre de novo?, afirma.

Ela relata que j? aconteceu de ve?culos ca?rem naqueles buracos. ?Por causa disso, as pessoas botam galhos e outras coisas para avisar. Mas o munic?pio mesmo nunca isolou o local?, refor?a a comerciante.

Al?m de formar verdadeiras crateras no asfalto, as chuvas tamb?m t?m levado areia para a pista. Mesmo com essas evid?ncias, a Defesa Civil do Munic?pio (DCM) afirma que a ?rea est? livre de perigo.

O coordenador municipal da DCM, Al?sio Santiago, afirmou que, ontem mesmo, foram disponibilizados 300 sacos de conten??o para os moradores distribu?rem onde acharem mais conveniente. ?N?s estamos sempre acompanhando a situa??o. Desde o ano passado estamos trabalhando para prevenir acidentes aqui?, destaca. Em novembro, foi feita uma limpeza nas bocas de lobo e na encosta do Morro do Teixeira. ?Tiramos oito sof?s velhos, carca?as de geladeiras e fog?es. Tudo isso colabora para deslizamentos?, alerta Santiago. H? 15 dias, a Defesa Civil apontou risco de desabamento de duas casas e os moradores foram orientados ir para a casa de parentes. ?Neste dia, orientamos a popula??o e ouvimos suas reivindica?es. O principal pedido ? mesmo a limpeza das bocas de lobo?, diz o coordenador.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar