O chefe do Centro de Investiga??o e Preven??o de Acidentes Aeron?uticos (Cenipa), brigadeiro-do-ar Jorge Kersul Filho, disse ser poss?vel que o manete (que controla a velocidade do avi?o) do Airbus da TAM tenha causado o acidente que vitimou quase 200 pessoas em S?o Paulo. Ele foi ouvido na Comiss?o Parlamentar de Inqu?rito do Apag?o A?reo na C?mara.

A Airbus divulgou um comunicado sobre a posi??o correta do manete, explicando como deve ser utilizado (em ponto morto durante o pouso). Questionado por rep?rteres se esse informe da Airbus poderia indicar que o manete estava fora do lugar, Jorge Kersul respondeu que sim, "pode".

"Desconhe?o se esse fato est? registrado, mas teremos essa resposta segunda ou ter?a-feira", acrescentou. Uma comiss?o que est? nos Estados Unidos dever? se reunir em Bras?lia na pr?xima semana com mais informa?es. T?cnicos da Aribus e da TAM acompanham tamb?m o trabalho de transcri??o das caixas-pretas que est? sendo feito em Washington (EUA).

Para Kersul, a Airbus fez bem em emitir a nota, por precau??o, para refor?ar esse procedimento. A avalia??o que os deputados fizeram ? que a Airbus pode ter emitido a nota ap?s ter conhecimento de algum conte?do da caixa-preta, como, por exemplo, a falha no equipamento. Questionado, Kersul Filho n?o descartou a possibilidade de que as informa?es tenham vazado.

Kersul refor?ou que uma outra aeronave da Airbus j? tinha se envolvido em um acidente devido a problemas no manete. "Como j? disse, agora, ainda trabalhamos com muitas hip?teses e essa n?o est? descartada", disse.

Entre as hip?teses investigadas pelo Cenipa est?o a qualidade da pista principal do Aeroporto de Congonhas, que tinha passado recentemente por reforma e ainda n?o possu?da ranhuras; o sistema de frenagem na aeronave ou algum item mec?nico; e at? erro da tripula??o na cabine do Airbus A320.

"N?o seria adequado agora antecipar qualquer coisa, porque n?o ter?amos dados para arriscar", reiterou o militar na sess?o da Comiss?o Parlamentar de Inqu?rito (CPI) que investiga a crise a?rea.

Na semana que vem, a CPI ouve na ter?a-feira, Marcos Sampaio Ferreira, presidente da Pantanal, Armando Filho, superintendente da Infraero, e Jos? Carlos Pereira, presidente da Infraero. Na quarta est? marcado o depoimento do comandante da Aeron?utica Juniti Saito e na quinta o do presidente da TAM, Marco Antonio Bologna, e do representante da Airbus no Brasil, M?rio Jos? Sampaio.