Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Escolas piauienses são medalhistas em prêmio nacional

A iniciativa visa identificar, estimular, reconhecer e divulgar as melhores práticas da educação empreendedora no Brasil.

Escolas piauienses são medalhistas em prêmio nacional
Seduc Piauí | Divulgação
Compartilhe

Escolas da rede pública estadual foram finalistas no Prêmio Nacional de Educação Empreendedora. A iniciativa visa identificar, estimular, reconhecer e divulgar as melhores práticas da educação empreendedora no Brasil, contando com participação de profissionais ligadas a instituições de ensino públicas e privadas.

No Piauí, 98 projetos concorreram à primeira edição do certame, sendo cinco finalistas em cada categoria (ensino fundamental, médio, profissional e superior). A solenidade de premiação aconteceu dentro da programação do Congresso das Cidades, que encerrou nessa quarta-feira (8).

"O Congresso das Cidades foi uma nova oportunidade de ampliar o discurso entre estados e municípios, estabelecendo assim um regime de colaboração, onde passamos a pensar no aluno como um todo, como o aluno do Piauí e não de forma fragmentada. Destaco ainda a questão da cultura do empreendedorismo, muito forte aqui nesse espaço. Lembramos que a Seduc tem um trabalho aguerrido no que se refere ao ensino técnico profissional, onde o empreendedorismo é estimulado em todas as atividades. Nessa perspectiva, parabenizamos todas as escolas que concorreram a esse prêmio, em especial as vencedoras", disse o secretário.

Na categoria Ensino Médio, foram finalistas as seguintes escolas da rede estadual e os respectivos projetos: projeto OBMEP, executado no Centro de Educação em Tempo Integral Augustinho Brandão, de Cocal dos Alves, o projeto Gestão Participativa, do Centro de Educação em Tempo Integral Moaci Madeira Campos, de Teresina, o projeto Literarte: o entrelace entre a literatura e a arte na escola, do Centro de Educação em Tempo Integral João Henrique de Almeida Sousa, de Teresina e o projeto Horta na Escola: uma vida saudável e sustentável, executado no Centro Estadual de Educação Profissional Santo Antônio de Valença do Píauí.

A Secretaria de Estado da Educação comemora os resultados alcançados pelo Centro de Educação em Tempo Integral Augustinho Brandão, de Cocal dos Alves, que ganhou o troféu de bronze e pelo Centro Estadual de Educação Profissional Santo Antônio de Valença do Piauí, que foi medalha de prata na categoria Ensino Médio.

Na categoria Ensino Profissionalizante, a rede estadual concorreu com o projeto Simpósio de Gestão e Tecnologia, executado no Premem de Picos, e com o projeto Jovem Empreendedor Rural, da escola técnica de Floriano, que foi medalha de bronze na categoria.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar