Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Escritório europeu intermediará investimentos para o Piauí

Wellington Dias esteve representantes de escritório português

Compartilhe

O governador Wellington Dias se reuniu, em Portugal, com Antonia Cameira, diretora do escritório Cameira Law, especializado em relação com investidores na Europa. Na oportunidade, foram discutidos investimentos para o Piauí como a Trancerrados, Porto de Luís Correia e futuras agendas com investidores.

De acordo com o chefe do executivo estadual, foram apresentadas três importantes pautas para o nosso Estado. “A primeira delas é a apresentação para empreendedores do projeto da Parceria Público Privada (PPP) que pretendemos fazer para a rodovia Transcerrados, uma rodovia de 330km. O estado deve concluir nos próximos meses aproximadamente 117 quilômetros e uma das alternativas que estudamos, junto ao Banco do Nordeste, é de uma PPP em que fazemos uma concessão e com isso os investidores conseguem colocar os recursos disponíveis para a conclusão da obra, algo em torno de R$ 320 milhões”, esclarece Wellington Dias.

Outro ponto discutido foi o Porto de Luís Correia que em breve deve ser retomado. “Estamos finalizando o projeto que vamos firmar com o Ministério dos Transportes autorizando a retomada da obra. Também estamos fazendo um estudo de viabilidade, pois o nosso objetivo é trabalhar a integração ferrovia-porto. Aqui há grupos interessados na ferrovia e outros que atuam especificamente com portos e isso pode gerar um consórcio de investidores nessa direção”, comenta Wellington.

A embaixada brasileira em Portugal acompanhou toda a agenda e irá auxiliar no desenvolvimento uma futura agenda entre representantes do Piauí e possíveis investidores. “Nós temos um entendimento junto a embaixada, de apresentar algumas áreas como: mineração, energia eólica, energia solar, agronegócio, fruticultura, aeroportos; e deveremos então apresentar a esses investidores em uma agenda a ser articulada pela a embaixada brasileira junto com entidades de investidores nas mais diversas áreas. Investidores estes selecionados previamente e o objetivo é levar investimentos para o Piauí, levar emprego e que fazer com que a gente tenha crescimento econômico”, finaliza o governador.  

Antonia Cameira deverá vir ao Piauí, em fevereiro deste ano, com alguns investidores. As agendas com as empresas selecionadas e a embaixada brasileira, em Portugal, deverá acontecer no mês de março. 


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar