Escritório europeu intermediará investimentos para o Piauí

Wellington Dias esteve representantes de escritório português

O governador Wellington Dias se reuniu, em Portugal, com Antonia Cameira, diretora do escritório Cameira Law, especializado em relação com investidores na Europa. Na oportunidade, foram discutidos investimentos para o Piauí como a Trancerrados, Porto de Luís Correia e futuras agendas com investidores.

De acordo com o chefe do executivo estadual, foram apresentadas três importantes pautas para o nosso Estado. “A primeira delas é a apresentação para empreendedores do projeto da Parceria Público Privada (PPP) que pretendemos fazer para a rodovia Transcerrados, uma rodovia de 330km. O estado deve concluir nos próximos meses aproximadamente 117 quilômetros e uma das alternativas que estudamos, junto ao Banco do Nordeste, é de uma PPP em que fazemos uma concessão e com isso os investidores conseguem colocar os recursos disponíveis para a conclusão da obra, algo em torno de R$ 320 milhões”, esclarece Wellington Dias.

Outro ponto discutido foi o Porto de Luís Correia que em breve deve ser retomado. “Estamos finalizando o projeto que vamos firmar com o Ministério dos Transportes autorizando a retomada da obra. Também estamos fazendo um estudo de viabilidade, pois o nosso objetivo é trabalhar a integração ferrovia-porto. Aqui há grupos interessados na ferrovia e outros que atuam especificamente com portos e isso pode gerar um consórcio de investidores nessa direção”, comenta Wellington.

A embaixada brasileira em Portugal acompanhou toda a agenda e irá auxiliar no desenvolvimento uma futura agenda entre representantes do Piauí e possíveis investidores. “Nós temos um entendimento junto a embaixada, de apresentar algumas áreas como: mineração, energia eólica, energia solar, agronegócio, fruticultura, aeroportos; e deveremos então apresentar a esses investidores em uma agenda a ser articulada pela a embaixada brasileira junto com entidades de investidores nas mais diversas áreas. Investidores estes selecionados previamente e o objetivo é levar investimentos para o Piauí, levar emprego e que fazer com que a gente tenha crescimento econômico”, finaliza o governador.  

Antonia Cameira deverá vir ao Piauí, em fevereiro deste ano, com alguns investidores. As agendas com as empresas selecionadas e a embaixada brasileira, em Portugal, deverá acontecer no mês de março. 

Fonte: Com informações do Portal do Governo