mais

Estados processam Petrobras por propaganda enganosa sobre preço da gasolina

A causa argumenta que a campanha publicitária omite dados relevantes sobre a composição do preço da gasolina ao consumidor

Uma ação movida por onze estados brasileiros e pelo Distrito Federal pede que a Petrobras seja obrigada a remover uma propaganda que circula nas redes sociais sobre o preço da gasolina. Em meio à alta do combustível, que chega a custar R$ 7 em alguns locais , a estatal produziu um vídeo explicativo que circula com a mensagem: “Você sabia que hoje a Petrobras recebe em média R$ 2 a cada litro de gasolina que você utiliza?”.

A causa argumenta que a campanha publicitária omite dados relevantes sobre a composição do preço da gasolina ao consumidor. “A companhia induz o consumidor a pensar que o valor da gasolina é menor do que efetivamente é, criando a impressão de que a parcela de tributos é muito superior ao valor do produto em si (...)”, afirma o texto protocolado no Tribunal de Justiça do DF.

A causa argumenta que a campanha publicitária omite dados relevantes sobre a composição do preço da gasolina ao consumidor - Foto: Sophia Bernardes/IGA causa argumenta que a campanha publicitária omite dados relevantes sobre a composição do preço da gasolina ao consumidor - Foto: Sophia Bernardes/IG

A ação pede também, que além de suspender a propaganda considerada enganosa, a Petrobras crie um novo conteúdo informativo para reparar o potencial engano e arque com danos morais coletivos pelo caso. Além do Distrito Federal, participam do processo os estados do Rio Grande do Sul, Pará, Maranhão, Sergipe, Piauí, Bahia, Amazonas, Pernambuco, Espírito Santo, Goiás e Minas Gerais.

Tópicos

comentários

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail