Estudante da Ufpi espancada durante assalto recebe alta médica

Lindalva de Moura Rocha, 23 anos, foi assaltada após sair da Ufpi.

Na manhã desta terça-feira, dia 11, a estudante de mestrado da Universidade Federal do Piauí, Lindalva Moura, de 23 anos, que foi agredida após sair instituição durante assalto ocorrido na sexta-feira (07), recebeu alta médica do Hospital de Urgência de Teresina (HUT), onde estava internada.  O caso foi registrado no 12º Distrito Policial. 

O diretor do HUT, médico Gilberto Albuquerque,   falou sobre o estado de saúde da jovem. “Essa paciente foi atendida com esse relato de traumatismo craniano vitima de uma ação de assalto entre o Santa Mônica e a Universidade Federal. Ela permaneceu desde sábado internada, evoluiu satisfatoriamente bem, tem o crânio na região posterior atrás da cabeça machucado e a evolução foi satisfatória. Ela apresenta estado de saúde estável”, disse. 

A estudante saía da Ufpi após aula quando foi abordada por dois homens em uma motocicleta, placa e modelo ainda não identificados. A dupla, que fazia uso de arma de fogo, abordou a jovem e anunciou o assalto.  O delegado Ademar Canabrava, titular do 12º DP, informou que a polícia segue fazendo o trabalho de investigação para identificar e prender os envolvidos. 



Fonte: Portal Meio Norte