Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Estudo revela que Zika age como HIV no sistema imune de grávidas

Pesquisa foi publicada na última edição da “Nature Microbiology”.

Estudo revela que Zika age como HIV no sistema imune de grávidas
Estudo revela que Zika age como HIV no sistema imune de grávidas | Fisiocantizal
Compartilhe
Google Whatsapp

vírus zika 'derruba' o sistema imunológico de mulheres grávidas e, com isso, atravessa a placenta, chega até o feto e provoca as nefastas anomalias registradas em recém-nascidos.

Para chegar a essa conclusão, estudo na Universidade da Carolina do Sul, nos Estados Unidos, testou cepas africanas e asiáticas do vírus zika em amostras de sangue de homens saudáveis, mulheres não grávidas e gestantes entre 18 e 39 anos.

Após testes, eles observaram que a cepa africana diminuiu a imunidade em 10%, enquanto a cepa asiática foi ainda mais agressiva e suprimiu em 40% o sistema imunológico de gestantes.

Estudo revela que Zika age como HIV no sistema imune de grávidas (Crédito: Fisiocantiza)
Estudo revela que Zika age como HIV no sistema imune de grávidas (Crédito: Fisiocantiza)

Segundo autores, a pesquisa é a primeira a relatar que o vírus visa células de defesa específicas, prejudicando o sistema imunológico de mulheres grávidas de forma parecida com ação do vírus HIV.

A pesquisa, publicada na última edição da “Nature Microbiology”, foi feita por Suan-Sin Foo, Jae Jung e colegas da Universidade da Carolina do Sul.

Vírus zika engana sistema imunológico

Na análise, pesquisadores observaram que a cepa asiática do vírus zika “ilude" o sistema imunológico. Quando a célula de defesa chega para lutar contra o vírus, o zika as transforma em “macrófagos M2” -- tipo de célula que avisa todo o sistema imune que a ameaça acabou.

Cientistas explicam que normalmente mulheres grávidas já produzem macrófagos M2 – uma vez que o sistema imune entende o feto como uma ameaça.

Assim, elas normalmente já são mais vulneráveis a infecções e, com a chegada do zika, a situação fica pior. Nelas, o que o vírus zika faz é aumentar a produção de macrófagos M2, desativando ainda mais o sistema imunológico.

Cientistas observaram ainda que o sistema imune fica ainda mais suprimido no primeiro e segundo trimestres da gravidez, informação consistente com achados anteriores.



Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Recomendamos

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Fique por dentro

Receba notícias quentinhas diretamente no seu whatsapp

Continuar

Falta pouco, agora escolha as categorias que deseja receber notícias

Aperte (ctrl + clique) para selecionar vários
Pronto!

Agora você passará a receber novidades diretamente no seu whatsapp.

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto

×