Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Evo Morales foge para o México após renúncia política

Ex-presidente boliviano pediu proteção ao governo mexicano, que aceitou a solicitação. Antes de embarcar, Evo afirmou que "dói abandonar o país por razões políticas".

Compartilhe
Google Whatsapp

O México anunciou nesta segunda-feira (11) que concedeu asilo político a Evo Morales. De acordo com o chanceler mexicano, Marcelo Ebrard, o ex-presidente da Bolívia pediu proteção um dia depois de deixar o cargo sob pressão de opositores, militares e policiais. As informações são do G1 e da AFP.

Evo embarcou por volta das 23h (horário de Brasília) na aeronave cedida pelo governo mexicano em Chimoré, perto de Cochabamba – antigo reduto do ex-presidente –, informou Ebrard. Antes, o avião fez uma parada para abastecimento no Peru, que autorizou a entrada do avião no espaço aéreo local.

Após a decolagem, o chanceler postou uma foto com Evo dentro do avião mexicano e afirmou que a "vida e a integridade" do ex-presidente boliviano "estão seguras". 

A casa doex-presidente foi saqueada. O governo do México afirmou mais cedo nesta segunda que reconhece Evo Morales como presidente "legítimo" da Bolívia e denunciou que sua renúncia se deve a um "golpe" dado pelo Exército, o que classificou como um grave retrocesso para a região. 

Conflitos no país vizinho

Bloqueio de rua em La Paz, na Bolívia, nesta segunda-feira (11) — Foto: Aizar Raldes/AFP 

A renúncia de Evo Morales repercutiu em conflitosna Bolícia, sobretudo na região de La Paz, onde apoiadores do ex-presidente deixaram bairros e cidades vizinhas como El Alto para protestar em bairros mais nobres da sede do governo boliviano.

Os manifestantes incendiaram ônibus e entraram em confronto com forças de segurança locais. Alguns ainda fizeram piquetes e bloquearam estradas. Segundo o jornal "El Deber", à noite, grupos incendiaram casas e saquearam lojas.


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar