Ex-BBB Bella Maia relata estupro em noite de Réveillon

"Quando acordei percebi que o rapaz se aproveitou de mim", diz ela

A ex-BBB Bella Maia usou o seu perfil no Facebook para relatar um caso de estupro que aconteceu com ela na madrugada do dia 31 de dezembro. “Eu fui violentada. No meu próprio carro. Que estava quebrado. Na estrada de Carneiros. Bateria fraca. Confiei no ‘amigo’ e ele se aproveitou da minha bebedeira e inconsciência e abusou de mim. Sim, isso é um estupro. Branco, rico, maravilhoso, engraçado, bem sucedido e amado por todos. Disse pra um outro casal de amigos meus que iria pra o mesmo lugar que eles (porque eu não tinha condições de dirigir, e assim iria dirigir meu carro, e ia me levar)”, escreveu ela, que participou da 14ª edição do programa.

Procurada para falar sobre o assunto, a ex-BBB contou que preferiu não fazer uma denúncia. "Eu não fui à polícia porque, quando voltei para casa, soube que minha avó havia morrido", disse ela.

Ex-BBB Bella Maia relata estupro em noite de Réveillon
Ex-BBB Bella Maia relata estupro em noite de Réveillon


De acordo com a ex-BBB, ao acordar, ela não sabia direito o que havia acontecido. “Acordei na consciência sem roupa, ele se masturbando em pé do meu lado, com a porta do carro aberta no meio da estrada. Não entendi nada, fiz uma cara de nojo, peguei um short no meu carro, me vesti rapidamente. Não conseguia falar, nem meu celular eu conseguia usar, ele ligou pra meu irmão, cunhada, mas não obteve sucesso, e uma moça, que já foi minha amiga, veio buscá-lo, na estrada, eu vomitei, quando entendi a situação, deixei meu carro no acostamento, com a ajuda do ‘cidadão de bem’, e fui ‘convencida’ a entrar no outro carro”.

Após ser socorrida, percebi que o rapaz se aproveitou de mim porque havia bebido. Bella fez questão de frisar que seu estado não poderia ser motivo para o que aconteceu: "Eu sou uma pessoa que bebo normal, mais com amigos em casa do que na rua, na rua eu não bebo, mas naquele dia eu bebi muito, mas nada justifica. A vítima não pode se sentir culpada".

Bella encerra contando que foi ajudada por desconhecidos enquanto dormia na praia. "Foram os pobres e negros. Três deles! que não me conhecem. Não me conhecem! me ajudaram! Esperaram dar 6 da manhã, me levaram de carro no acostamento da estrada, empurraram o meu carro, meu carro voltou a funcionar, voltei pra Recife na paz de jeová! Até me emprestaram o celular pra eu registrar o nascer do sol e viraram meus amigos de whatsapp".

Fonte: Com informações do Extra
logomarca do portal meionorte..com