Ex-jogador admite ter matado técnico e revela relação desde os 15

Ele teria começado a se prostituir após deixar o time

O suspeito de matar o técnico de futebol Armando Martins Filho, o Armandinho, em Porto Nacional, foi preso na tarde desta quarta-feira (22). Segundo a Polícia Civil, o jovem Matheus Rodrigues, de 20 anos, confessou o crime e alegou que o motivo foi um problema com o pagamento de um programa que teria feito com o técnico.

No depoimento, Matheus disse que conheceu o técnico quando foi jogador da base do Interporto, equipe que era treinada por Armandinho. O relacionamento entre os dois teria começado na época, quando o suspeito tinha 15 anos. Rodrigues disse que se tornou garoto de programa após o fim do contrato com o time e que continuou se relacionando com Armandinho.

Suspeito foi preso pela morte de técnico de futebol  (Crédito: Arquivo Pessoal)
Suspeito foi preso pela morte de técnico de futebol (Crédito: Arquivo Pessoal)

A morte do ex-técnico foi no dia 5 de novembro. O corpo foi encontrado pela irmã da vítima, na casa dele, horas após o crime. O jovem era procurado pela polícia após os depoimentos de algumas testemunhas. Ele foi encontrado na praia do Caju, em Palmas.

O novo presidente do Interporto, Airton César, que assumiu em janeiro, disse não ter conhecimento do caso. Ele informou que quando a nova diretoria foi eleita o ex-técnico já não era parte do time.

Armandinho ao lado do jogador Lucca, corpo de técnico foi encontrado pela irmã  (Crédito: Arquivo Pessoal)
Armandinho ao lado do jogador Lucca, corpo de técnico foi encontrado pela irmã (Crédito: Arquivo Pessoal)
Fonte: Com informações do G1
logomarca do portal meionorte..com