Ex-viciada em heroína posta fotos chocantes e diz:"Estava morrendo"

As imagens retratam como foram seus dias durante os últimos anos

Para fazer um alerta sobre as drogas, a norte-americana Melissa Lee Matos publicou imagens devastadoras que resumem como ela viveu durante anos com o vício em heroína.

"Eu nunca mostrei essas fotos. Nem sei se tinha vontade. Isso é extremamente difícil para mim. No entanto, muitas pessoas estão morrendo. Tenho amigos que precisam ver isso. Isso vai além do que minhas palavras podem descrever. Esta é, de longe, a coisa mais cruel que compartilhei com o mundo", começa a mulher, que mora em Virgínia Ocidental, nos Estados Unidos.

Image title

No texto, Melissa afirma que as imagens em que aparece sob efeito da droga retratam como foram seus dias durante os últimos anos. "Era com isso que meu marido lidava. Isso o que minhas filhas pequenas viam. O que familiares e amigos encontravam, nas raras ocasiões em que eu saía de casa", relembra ela. "Estive doente. Eu estava morrendo. Eu estava tão viciada que pensei que nunca poderia me recuperar. Eu estava tão perdido que não podia imaginar uma vida sem a droga. Eu só queria morrer. Não percebi que não estava viva", acrescenta.

Longe da droga há um ano e cinco meses, ela finaliza o relato com um apelo: "Se você passando por isso, olhe para estas fotos. São imagens de uma menina morta. Uma viciada em agulhas com um hábito tão feroz que passou dias e noites em um coma induzido por si própria no chão do banheiro. Uma garota que gastaria cada centavo em droga e se esqueceu que têm filhas para alimentar e cuidar. Uma garota que perdeu todas as coisas que já teve. Uma menina que estava tão doente que achava que nunca iria encontrar uma saída, até que ela achou. Se você está lendo isso e passando pela mesma dor, eu imploro que você pare. Eu morri mais de uma vez. Agora encontrei a vida. Eu juro que há esperança, há recuperação. Existe liberdade e serenidade, e você é digno disso".

Desde 14 de julho, a publicação alcançou mais de 45 mil compartilhamentos e mais de 13 mil comentários. Entre eles, histórias de outros ex-dependentens químicos e elogios à força da mulher para largar o vício. "Tão corajosa! Fico muito feliz por você e sua família! Continue a sua luta", disse uma internauta. Para fazer um alerta sobre as drogas, a norte-americana Melissa Lee Matos publicou imagens devastadoras que resumem como ela viveu durante anos com o vício em heroína.

"Eu nunca mostrei essas fotos. Nem sei se tinha vontade. Isso é extremamente difícil para mim. No entanto, muitas pessoas estão morrendo. Tenho amigos que precisam ver isso. Isso vai além do que minhas palavras podem descrever. Esta é, de longe, a coisa mais cruel que compartilhei com o mundo", começa a mulher, que mora em Virgínia Ocidental, nos Estados Unidos.

Image title

Fonte: Com informações da UOL