Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Exclusivo: Piauiense preso na Suíça por tráfico de drogas é condenado

A notícia da condenação foi dada pelo próprio acusado a família.

Compartilhe
Google Whatsapp

O piauiense Marcos Clemilton Abreu Santos, de 38 anos preso na Suiça por tráfico internacional de drogas foi condenado a um ano e dois meses de prisão. A notícia da condenação foi dada pelo próprio acusado a família.

Em entrevista exclusiva a Rede Meio Norte a mãe de Clemilton contou como recebeu a notícia da condenação e como está o filho na Suiça.

“Era 4h40 quando ele ligou para mim dizendo que está bem e que deram 1 ano e 2 meses para ele. Ele já falou com a assistente social, ele vai trabalhar e com 1 ano e 2 meses ele vem embora para cá.” Disse a mãe de Marcos Clemilton,  Conceição Abreu.

O piauienses está dividindo cela com outros três acusados, entre eles um brasileiro, natural do estado da Bahia.

“Ele falou que lá é muito bom, não falta nada, toma café, almoça, janta, merenda, é só comendo  e dormindo, tem até televisão para eles assistir. São quatro pessoas na cela dele, todos amigos, tem um brasileiro da Bahia na cela dele.” contou Conceição.

Segundo o piauiense, ele está sendo acompanhado por uma assistência social e durante o período de reclusão ele vai trabalhar de forma remunerada dentro do presidio. 


“Ele disse que vai trabalhar, já falou com a assistente social está acompanhando. A pessoa estando presa, o dinheiro não paga a liberdade, mas tudo bem eu desejei muita sorte para ele, que é um menino bom, não sei o que deu na cabeça dele para fazer isso. Mas brasileiro só presta apanhando.” afirmou a mãe do acusado.

Durante a ligação para a mãe, Marcos Clemilton não informou quem foi seu mandante, que o pagou para cometer o crime de tráfico internacional de drogas. 

“Eu perguntei quem fez ele entrar nessa, mas ai ele começou a chorar. Eu vou ter uma ligação por mês e agora é tudo que eu queria, ele está bem, só não está melhor porque não está aqui comigo ele é meu companheiro.” declarou a mãe de Marcos Clemilton.


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Recomendamos

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Fique por dentro

Receba notícias quentinhas diretamente no seu whatsapp

Continuar

Falta pouco, agora escolha as categorias que deseja receber notícias

Aperte (ctrl + clique) para selecionar vários
Pronto!

Agora você passará a receber novidades diretamente no seu whatsapp.

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto

×