Exportação da produção industrial no Piauí cresce 68,7% no ano

Dados foram divulgados pelo Banco do Nordeste

As exportações de produtos industrializados nordestinos aumentaram 35,8% em 2017 até maio, em relação ao mesmo período do ano anterior, os dados foram divulgados pelo Banco do Nordeste.

Nos primeiros cinco meses do ano, as vendas da produção industrial para o exterior registram US$ 5,24 bilhões. Somados os produtos não-industrializados, as empresas da região exportaram US$ 6,64 bilhões, valor 30,4% maior do que em 2016. 

Produção de soja é destaque no Piauí  (Crédito: Reprodução )
Produção de soja é destaque no Piauí (Crédito: Reprodução )

Entre os industrializados, as exportações dos manufaturados somaram US$ 3,17 bilhões, o que aponta crescimento de 47,7%, em relação ao período de janeiro a maio do ano passado. As vendas de semimanufaturados para o exterior totalizam US$ 2,07 bilhões, aumento de 20,9%. As exportações de produtos básicos registram US$ 1,33 bilhão, 12,8% maiores do que no mesmo período de 2016.

No Piauí, as exportações cresceram 68,7% no ano. O Estado já vendeu US$ 130,2 milhões a outros países. O principal produto exportado é a soja. Ceras vegetais e mel natural aparecem na sequência.

Até maio, a região importou US$ 7,91 bilhões. O valor é 21,3% maior do que nos cinco primeiros meses de 2016. China, Estados Unidos e Argentina são os principais parceiros comerciais do Nordeste.

O recorte regional é do Escritório Técnico de Estudos Econômicos do Nordeste (Etene), órgão de pesquisas do Banco do Nordeste, com dados do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços.

Fonte: Portal Meio Norte
logomarca do portal meionorte..com