mais

Familiares e amigos cobram por justiça pela morte de jovem no Sul do Piauí

Artur foi morto na madrugada durante um aniversário no último domingo, 25 de julho, com perfurações de faca.

Familiares e amigos de Artur da Silva Batista, 27 anos, promoveram um protesto na manhã dessa quinta-feira (29), cobrando justiça pela morte do jovem, no município de Picos, região Sul do Piauí. As informações são do Cidades Na Net

Artur foi morto na madrugada durante um aniversário no último domingo, 25 de julho, com perfurações causadas por arma branca. Três suspeitos foram presos como supostos autores do crime, sendo dois homens e um menor. Horas depois, os mesmos foram liberados por falta de provas e causou revolta em familiares e amigos.

A manifestação teve concentração na casa onde Artur residia no bairro Passagem das Pedras, em seguida, percorreu as principais ruas do Centro de Picos até chegar a sede da Central de Flagrantes de Picos. O delegado Rodrigo Morais atendeu os familiares e amigos da vítima e se colocou a disposição. 

Ato em pedido por justiça pela morte de Artur (Foto: Cidades Na Net)Ato em pedido por justiça pela morte de Artur (Foto: Cidades Na Net)

Emocionado, o irmão de Artur, Augusto Pereira Batista, comentou sobre o sentimento de revolta, pois segundo ele, o suspeito de cometer o crime foi preso ensanguentado.

“É revoltante, nunca pensei em perder um irmão dessa forma, não mexia com ninguém, era um homem trabalhador, respeitoso, muito amigo da mãe, saiam muito juntos. É revoltante, dizem que não tem prova e o cara foi preso todo melado de sangue, para que uma prova maior? Ainda queria matar a mãe dele, correu atrás dela. Não tenho nem como falar disso”, frisou.

O primo da vítima, Geneilton Batista, ressaltou sua indignação e falou da falta de segurança pública no bairro Passagem das Pedras. “Um pai de família, trabalhador, de 27 anos,  estou cobrando isso não é porque é meu primo, é porque era um cidadão, e um cidadão tem que ser tratado e respeitado com seus direitos, ele paga imposto para ter segurança, a polícia abandonou lá”, lamentou.

Geneilton Batista, primo da vítima (Foto: Cidades Na Net)Geneilton Batista, primo da vítima (Foto: Cidades Na Net)

De acordo com o delegado Rodrigo Morais, a Polícia Civil está investigando o caso e pretende fechar o inquérito policial em no máximo 10 dias.

“A manifestação é legítima, ela é emana de uma família que perdeu um ente querido, não temos nada a opor diante da revolta de familiares, parentes próximos e amigos. Recebemos eles, conversamos com todos na frente da Delegacia, e posso antecipar que estamos investigando, estamos diligenciando, procurando imputar responsabilidades, não conseguimos trazer o Artur de volta, mas a gente pode dar um mínimo de alento a família que é a responsabilização daqueles que praticaram essa barbárie”, frisou.

Delegado Rodrigo Morais (Foto: Cidades Na Net)Delegado Rodrigo Morais (Foto: Cidades Na Net)

O delegado responsável pela Delegacia de Homicídios, Tráfico de Drogas e Latrocínio, em Picos, Agenor Júnior, comentou sobre a manifestação e o inquérito policial.

“A gente  entende e compreende toda essa insatisfação, principalmente, dos familiares da vítima com relação ao fato dos responsáveis não se encontrarem presos neste momento. Mas, a própria família, amigos, tem conhecimento que a Polícia Civil de Picos tem empreendido diligências diurtunamente para que esse inquérito seja concluído o mais breve possível, de forma satisfatória. Temos realizado muitas diligências, algumas testemunhas já prestaram depoimento e estamos satisfeitos até o momento com o andamento do inquérito policial”, assegurou.

Tópicos

comentários

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail