Febre amarela mata todos os macacos de parque na Zona Norte de SP

Outras três espécies de macacos vivem no local.

Todos os macacos bugios do Parque Horto Florestal, na Zona Norte da cidade de São Paulo, foram mortos pela febre amarela. Ao todo, 17 famílias, totalizando 86 macacos, morreram após contrair o vírus da doença, segundo informou o Bom Dia SP. A espécie é uma dentre as quatro que habitam o parque.

O primeiro macaco com a doença encontrado morto no dia 9 de outubro no Horto Florestal, que fica na área vizinha ao Parque da Cantareira. Apesar de serem hospedeiros do vírus, os animais não são transmissores da doença para humanos. Os transmissores da febre amarela silvestre são duas espécies de mosquitos silvestres: Haemagogus E Sabethes. Desde então o estado começou a vacinar a população contra a doença, que pode ser transmitida pelo mosquito.

Reabertura dos parques

Após ficar mais de dois meses fechado, o Parque Horto Florestal, na região do Tremembé, na Zona Norte de São Paulo, foi reaberto nesta quarta-feira (10). Na manhã desta quinta-feira (11), por volta das 6h, o parque já tinha frequentadores se exercitando.

Os parques Ecológico Tietê e Cantareira também foram reabertos pelo governo do estado na manhã desta quarta-feira.

Os frequentadores estavam ansiosos pela reabertura e ficaram atentos ao aviso de que para visitar o parque é necessário estar vacinado e é indicado o uso de repelentes. De acordo com Regiane de Paula, os visitantes devem esperar 10 dias após tomar a vacina para poder frequentar os parques.

Os locais foram estavam fechados desde o ano passado como uma ação preventiva contra a febre amarela após macacos que contraíram a doença terem sido encontrados mortos.

”Após todas as avaliações e dados na equipe conjunta que foi montada desde o primeiro dia da averiguação da doença dos macacos, nós chegamos a avaliação que era importante reabrir os parques”, afirmou Mauricio Brusadin, secretário estadual do Meio Ambiente.

“O parque para quem está vacinado é lugar extremamente seguro por isso nós vamos reabrir”, declarou Brusadin. “Acreditamos na conscientização das pessoas”, disse.

A reabertura dos parques estaduais já estava prevista pela Secretaria da Saúde para o mês de janeiro, mas a data não havia sido definida.

Fonte: Com informações do G1
logomarca do portal meionorte..com