Firmino e técnicos debatem sobre Projeto de Reabilitação do Centro

O projeto está sendo desenvolvido sob 10 diretrizes

O prefeito Firmino Filho se reuniu no início da noite de hoje com secretários, gestores e técnicos da Prefeitura de Teresina para dar continuidade às discussões sobre o Projeto de Reabilitação do Centro da cidade. No encontro do hoje foram discutidos aspectos sobre estacionamento e transporte coletivo, na perspectiva de tornar o Centro da cidade um local para usos múltiplos.

Esse projeto está sendo desenvolvido sob 10 diretrizes, com os objetivos principais de tornar o Centro um local mais agradável para que as pessoas voltem a habitá-lo e frequentá-lo tanto para fazerem compras como para o lazer.

Essas 10 diretrizes são: eliminar o protagonismo do automóvel; estimular o uso misto; adequar os estacionamentos; garantir fluxo do transporte coletivo; proteger o pedestre; acolher as bicicletas; criar bons espaços; plantar árvores; criar faces de ruas agradáveis e singulares; e eleger suas prioridades.

No que diz respeito a estacionamentos, a proposta é fazer um estudo do funcionamento dos estacionamentos, avaliar e fazer diagnóstico de custo e benefício, viabilidade e os modelos de concessões possíveis. Já sobre o transporte coletivo, o ponto principal é deixar o sistema de transporte fluir.

“Estamos estudando a legislação, o zoneamento urbano, o adensamento de corredores de ônibus, analisando a expansão urbana do transporte público, já que quem vive numa cidade quer ter acesso a tudo que ela oferece. Portanto, precisamos levar em conta a necessidade de adensamento com qualidade no Centro, alternativas ao uso do carro, qualidade das calçadas, vagas de estacionamentos especial, questão social, como a qualificação do flanelinha e financiamento, que diz respeito  a necessidade de gerar receita para as intervenções no Centro”, disse  prefeito Firmino Filho.

Sob o comando de Constance Jacob, coordenadora da Área Central de Teresina, o projeto inclui a contribuição de diversos órgãos da Prefeitura, que estão colaborando com diagnósticos nos setores de transporte, habitação, arquitetura, mapeamento da área, desenvolvimento econômico, cultura, entre outros. A partir desses diagnósticos, os técnicos estão formatando ideias e discutindo soluções para os problemas.

Image title

Image title

 

Fonte: Com informações da Prefeitura de Teresina