A Agência Nacional de Petróleo (ANP) realizou ações de fiscalização em três municípios do Piauí, no período de 1 a 11 de agosto, e autuou postos de combustíveis, revendedora de GLP (gás de cozinha) e revendedora e distribuidoras de combustíveis de aviação por irregularidades. A informação foi divulgada pela Agência na sexta-feira (12).

Segundo o órgão, a ação dos fiscais aconteceu em Ilha Grande, Luís Correia e Parnaíba, totalizando fiscalizações em 14 agentes econômicos.

Postos em Parnaíba, Ilha Grande e Luis Correia foram fiscalizados pela ANP | FOTO: Getty Images/iStockphoto Postos em Parnaíba, Ilha Grande e Luis Correia foram fiscalizados pela ANP | FOTO: Getty Images/iStockphoto Em Parnaíba, um posto foi autuado por não atender a normas de segurança (abastecimentos de motocicletas sem o desembarque dos condutores) e por manter bombas abastecedoras sem condição de funcionamento. No local, foram interditados um bico de gasolina aditivada e um bico de etanol hidratado. Outro posto da cidade também foi autuado por não atender a normas de segurança, com abastecimentos de motocicletas sem o desembarque dos condutores, e por problemas com o termodensímetro acoplado à bomba medidora de etanol hidratado.

Ainda em Parnaíba, um posto foi autuado por não atender a normas de segurança e operar com bombas medidoras sem condição de funcionamento. O estabelecimento teve um bico de óleo diesel B S500 interditado. Outros quatro postos da cidade foram autuados por irregularidades como exibição de marca de distribuidor por posto cadastrado como bandeira branca na Agência e infringir normas de segurança previstas na legislação vigente.

Uma revenda de GLP da cidade foi autuada por possuir balança em desacordo com a legislação e apresentar falta de segurança em suas instalações, problema corrigido durante a ação de fiscalização. 

Uma revenda de combustíveis de aviação foi autuada por falta de segurança das instalações e por apresentar amostra-testemunha em desacordo com a legislação.