Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

FMS inicia no próximo sábado (03) a vacinação antirrábica de Teresina

Devem receber a vacina os animais a partir dos três meses de idade.

Compartilhe

No próximo sábado (03), a Fundação Municipal de Saúde (FMS) vai iniciar a campanha de vacinação antirrábica em Teresina. A imunização de cães e gatos contra a raiva será realizada por quatro sábados de outubro, iniciando pelas zonas Norte e Leste. No dia 17 de outubro, será a vez do trabalho nas zonas Sul e Sudeste. Já a zona rural de Teresina receberá a vacina a antirrábica nos dias 24 (área norte e leste) e 31 de outubro (povoados da zona sul e sudeste). Confira a lista de postos de vacinação.

Para o primeiro dia da campanha, a FMS vai instalar 136 postos de vacina divididos entre as zonas Norte e Leste. Os atendimentos serão iniciados às 8h e serão realizados até às 17h, com a disponibilização de 70 mil doses de vacina antirrábica para o próximo sábado. Em 2019, foram vacinados em Teresina, etapa urbana e rural, 145.583 cães e gatos.  “A meta prevista para 2020 é imunizarmos cerca de 160 mil animais, nas zonas urbana e rural. Teremos 570 profissionais trabalhando diretamente na campanha, sendo 25 médicos veterinários, 517 vacinadores e anotadores e 28 motoristas”, afirma a gerente de Zoonoses da FMS, Oriana Bezerra.

FMS  inicia no próximo sábado (03) a vacinação antirrábica de Teresina

Ainda de acordo com ela, devem receber a vacina os animais a partir dos três meses de idade. “A população não precisa se preocupar, porque terão postos próximos as residências. A imunização é importante, pois protege, além do animal, os seres humanos que convivem com eles”, explica.

A gerente de Zoonoses faz um apelo para que os animais sejam levados para a vacina por tutores que tenham capacidade de conter os animais. “Ao longo das campanhas percebemos que muitas crianças levam os animais e elas não têm força para conter o bichinho na hora da vacina. Por isso, pedimos que o animal seja levado por um adulto e, de preferência, em horário em que o sol não esteja tão quente, para não gerar estresse no animal”, orienta, destacando ainda que os responsáveis pelos animais devem usar máscara de proteção facial para evitar proliferação do novo Coronavírus.

O último caso de raiva em ser humano em Teresina foi em 1986. Já o último registro de raiva canina foi em 2011 em um cão proveniente do interior do Estado, cujo proprietário é residente de Teresina. “Os números representam a série histórica das campanhas de vacinação antirrábica em Teresina com cobertura acima dos 90%. Por isso, é importante que todos façam a sua parte, imunizando seus animais”, ressaltou Oriana Bezerra.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar