Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Fotógrafo faz ensaio da caatinga e mostra semiárido colorido do Piauí

Fotojornalista André Pessoa realizou ensaio motivando a riqueza da Caatinga, que é formada por uma vegetação aparentemente agressiva com espinhos, plantas urticantes e muito entrelaçadas. Mas que apresenta paisagens belíssimas.

Compartilhe

O fotojornalista André Pessoa, colaborador do Grupo Meio Norte de Comunicação desde a década de 1990 não para de surpreender nossos leitores com os seus registros fotográficos.

Caatinga é único bioma exclusivamente brasileiro - Foto: André Pessoa

Pessoa nasceu em Recife, mas se mudou para o Piauí em 1993 onde realiza o maior trabalho de documentação do Bioma nordestino. Suas imagens correm o mundo em jornais, emissoras de televisão, livros, cinema, revistas e sites.

Nas últimas semanas André Pessoa vem fazendo uma série de registros da vegetação da Caatinga e suas cores variadas. Para quem ainda pensa que a “Mata Branca”, como os índios denominaram a vegetação do semiárido, é monocromática, Pessoa enche nossos olhares com texturas, formas e cores.

A Caatinga é formada por uma vegetação aparentemente agressiva com espinhos, plantas urticantes e muito entrelaçadas. Mas apresenta paisagens belíssimas.

Não à toa Glauber Rocha trouxe o cinema para a Caatinga. Euclides da Cunha se apaixonou pelo nordeste ao descrever a sua vegetação no livro Os Sertões e as novelas da TV Globo não cansam de usar suas belezas nas minisséries e especiais.

Terra de belezas escondidas e camufladas

A Caatinga é uma terra de belezas escondidas, camufladas. Suas árvores características como o angico, a imburana e a aroeira são sagradas. Seus cactos recheiam a paisagem com formas e cores exóticas.

Andar na Caatinga e voltar ao tempo dos colonizadores, quando depois de explorar a zona da mata eles chegam ao Sertão. A surpresa é inevitável. Naquele mundo aparentemente inóspito, estão homens, bichos e plantas únicos no planeta.

Percorrer a Caatinga é mergulhar na alma do povo brasileiro. Favela, tamboril, carnaúba, xiquexique, mandacaru, coroa-de-frade, entre tantas outras plantas marcam a sua biologia.

Viajar pelo interior sertanejo explorando a Caatinga é conhecer um país diverso, com uma vegetação que só existe aqui nesse pedaço de terra.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar