Francisco Costa apresenta proposta do novo hospital de Floriano

Novo prédio, com área 3 vezes maior, será erguido no mesmo lugar

Como proposta do Governo do Estado de ampliar a oferta de serviços de qualidade à população, fortalecendo a saúde pública em todo o Piauí, a Secretaria de Estado da Saúde descentraliza os atendimentos para as macrorregiões, dando suporte desde à atenção básica aos procedimentos em alta complexidade.

Mais um importante passo para essa consolidação da saúde no sul do Estado foi dado neste sábado (6) pelo secretário Francisco Costa, que apresentou para Floriano o projeto executivo para a reestruturação do Hospital Regional Tibério Nunes. Uma nova estrutura mais ampla e moderna, capaz de atender, em diversas especialidades, a demanda da macrorregião.

O novo prédio, com área três vezes maior, será erguido no lugar da estrutura atual. Os leitos de internação serão ampliados para 206, além de 20 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) geral, 10 leitos de UTI Neonatal e 10 de Unidade de Cuidado Intermediário Neonatal Convencional (Ucinco). Ainda contará com cinco salas de cirurgia e três de obstetrícia.

“Todo esse projeto foi idealizado pensando em um município polo do Estado, referência para aproximadamente 500 mil habitantes. Hoje já temos grande resolutividade na área da obstetrícia, clínica médica, cirurgia geral, com foco maior na ortopedia e atualmente no serviço de neurocirurgia. É um hospital que cresce muito e acaba tendo a necessidade de ser ampliado para atender melhor a demanda do cidadão piauiense”, diz Costa.

As obras de reestruturação do Hospital Regional Tibério Nunes tem perspectiva de investimento total de 54 milhões, dos quais R$ 15 milhões já estão assegurados para a primeira etapa. Os recursos são oriundos de emenda parlamentar do deputado federal Assis Carvalho, no valor de R$ 10,5 milhões e R$ 4,5 milhões de contrapartida do Estado.

Francisco Costa conta que o hospital também está sendo adequado para ser referência em oncologia no Estado. “Reestruturaremos toda área de urgência e emergência, criando também um setor de ambulatório de apoio diagnóstico, ampliaremos também os leitos cirúrgicos, para deixar o hospital com as condições de atender as portarias do Ministério da Saúde, para podermos implantar o serviço de oncologia em Floriano”, disse.

 Mais melhorias para o Tibério Nunes

 Também foi entregue ontem (6) uma parte dos equipamentos destinados ao Hospital de Floriano. São 32 camas motorizadas, oito carros maca, duas camas PPP (pré-parto, parto e pós-parto) e 15 monitores multiparâmetros, com investimento total para o Tibério Nunes de R$ 2 milhões e 400 mil.

Os equipamentos foram adquiridos graças a uma proposta fundo a fundo realizada pelo secretário Francisco Costa, que conseguiu captar recursos junto ao Ministério da Saúde, totalizando R$ 14 milhões, para aquisição de equipamentos para os hospitais regionais e estaduais do Piauí.

“Todas essas melhorias são um grande presente para Floriano e região. Aumentando a estrutura da saúde, a cidade se desenvolve como um todo, gerando mais demanda, mais empregos, maior crescimento. É uma grande ação para consolidação de Floriano como referência para todo o Piauí”, disse o prefeito de Floriano, Joel Rodrigues.

Na oportunidade o secretário Francisco Costa também visitou as obras da implantação do Centro de Parto Normal (CPN) e casa da gestante, em fase avançada de conclusão. Com essas ações, os cuidados e assistência às gestantes e bebês se tornam mais acessíveis à população do sul do Estado.

Além disso, o secretário, acompanhado pelos médicos e equipe plantonista da UTI, participou de uma conferência em Telemedicina com médicos renomados do Hospital de excelência no Brasil, Albert Einstein. O Hospital Regional Tibério Nunes é o primeiro hospital público do Piauí a ofertar esse tipo de assistência qualificada aos pacientes que precisam de cuidados especiais na Unidade de Terapia Intensiva.      

Fonte: Com informações do Portal do Governo