Garçonete tem filho com garoto de apenas 11 anos: "Fui dopada"

Polícia diz que a garçonete, de 25, namorou o menino por três anos

A americana Marissa Ashley Mowry, de 25 anos, foi presa acusada de se envolver com um garoto de 11, com quem ela teve, de acordo com investigadores, um filho. Marissa, moradora de Tampa, na Flórida, trabalhava como garçonete no parque temático Busch Gardens. Segundo a polícia do condado de Hillsborough, Marissa namorou o garoto durante três anos, até ele completar 14. Uma denúncia anônima deu início à investigação. Detida, a americana chegou a dizer que foi drogada pelo garoto e abusada por ele.

Marissa foi presa na última terça (27). Os oficiais apuraram que Marissa começou o caso com o garoto, que não teve a identidade revelada, no início de 2014. Quando iniciou o relacionamento, Marissa tinha 22 anos e trabalhava num restaurante.

Ela e o garoto começaram a sair. Em outubro de 2014, nasceu o filho dela com o menino. Os dois continuaram se encontrando no apartamento de Marissa entre 2014 e 2017. Tinham ali relações sexuais com frequência, informaram os policiais.

Marissa vai responder por 14 acusações, incluindo abuso de menores e "agressão sexual". Enquanto Marissa estiver na prisão, a criança, hoje com três anos, ficará sob custódia de um adulto — cujo nome não foi informado pela polícia.

Na delegacia, Marissa acusou o garoto de tê-la dopado. "Ele me abusou enquanto eu estava dormindo por causa dos remédios que ele me deu. Tentei evitar, mas não consegui. Estava muito chapada", disse Marissa.


Image title

Image title

Fonte: Com informações da UOL