Golfinho morre após meses com tira de chinelo presa ao focinho

Objeto causou um grave infecção no animal

Um golfinho foi encontrado morto com um chinelo preso no seu focinho em Ubatuba, no litoral norte de São Paulo.

O animal foi achado há duas semanas, após uma equipe do Projeto de Monitoramento da Bacia de Santos ser acionada por moradores da região. Ao chegar ao local, os veterinários encontraram o golfinho já morto na areia da praia.

Uma necropsia feita pelos veterinários do Instituto Argonauta, que atua na preservação ambiental da região, apontou que a morte do golfinho ocorreu porque a tira do calçado ficou presa na sua mandíbula durante meses. O objeto causou uma grave infecção, levando à morte.

Golfinho é encontrado morto com chinelo de borracha preso à boca (Crédito: Reprodução )
Golfinho é encontrado morto com chinelo de borracha preso à boca (Crédito: Reprodução )

De acordo com o laudo, o chinelo de borracha "gerou uma lesão muito grave no maxilar superior, impedindo o animal de se alimentar. Consequentemente, causando uma desnutrição severa e consequentemente a morte".

A principal suspeita dos veterinários é de que o golfinho tenha enroscado seu focinho na tira do chinelo ao confundi-lo com um alimento boiando no mar.

Segundo o instituto, a poluição está entre as principais causas da mortalidade da fauna local. Ela perde apenas para a pesca predatória, os animais morrem ao ficarem presos nas redes.

Necrópsia apontou que a morte do golfinho ocorreu porque o chinelo infeccionou no focinho do animal (Crédito: Reprodução )
Necrópsia apontou que a morte do golfinho ocorreu porque o chinelo infeccionou no focinho do animal (Crédito: Reprodução )


Fonte: Com informações da BBC