O israelense Simon Leviev, também conhecido como golpista do Tinder, acusado de enganar centenas de mulheres, dessa vez foi enganado. O golpista queria verificar o seu perfil e de sua namorada no Instagram e chegou a pagar US$ 6 mil (cerca de R$ 34 mil), mas foi enganado. As informações são do portal TMZ

Em conversas com pessoas próximas ao golpista, a reportagem apurou que a farsa foi causada pelo símbolo azul do Instagram. Simon teria recebido o contato de uma namorada de um dos funcionários de Mark Zuckerberg, que informou que o ajudaria a conseguir a verificação. O israelense ainda chegou a fazer uma video chamada com o casal, mas acreditou no discurso e depositou a quantia. 

Golpista do Tinder é enganado por casal e perde mais de R$ 34 mil (Foto: Divulgação)Golpista do Tinder é enganado por casal e perde mais de R$ 34 mil (Foto: Divulgação)A agente do golpista notou que havia algo errado e descobriu que, para ganhar o selo, não era necessário pagamento em dinheiro. 

Apesar de ter perdido o dinheiro, Simon Leviev finalmente teve seu perfil verificado.

Simon Leviev, que assumiu o nome falso após sucesso da série, se tornou mundialmente conhecido após o documentário da Netflix contando a história de diversos golpes aplicados por ele pelo Tinder. Aproximadamente US$ 10 milhões foram roubados pelo golpista, que fingia ser filho de um bilionário israelense envolvido na indústria de diamantes.