Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Governador anuncia a compra de mais 80 respiradores para o PI

Wellington ainda aproveitou o momento para lamentar a morte do prefeito de São José do Divino, Antônio Felícia, a primeira vítima de Covid-19 no Piauí.

Compartilhe
Google Whatsapp
Siga-nos

O Governador do Piauí, Wellington Dias, concedeu uma entrevista ao vivo no Plantão Coronavírus da Rede Meio Norte, no fim da manhã deste domingo (29), tratando de diversos assuntos a respeito das medidas restritivas tomadas para barrar a propagação do Covid-19 no Estado. Wellington ainda aproveitou o momento para lamentar a morte do  prefeito de São José do Divino, Antônio Felícia, a primeira vítima de Covid-19 no Piauí. 


O Governador explicou as diversas saídas e opções de abastecimentos em diversos âmbitos no Piauí, como por exemplo, na indústria. Wellington Dias disse ainda que segue dialogando com os governadores do Nordeste em prol do Piauí.  “O objetivo é garantir que não cheguemos ao colapso do sistema. A cada dia estamos ampliando opções, ampliando mais UTIS, partes relacionadas salas de estabilização com respiradores. Ontem, acertamos com os governadores do Nordeste, a compra de mais 80 respiradores”, disse na entrevista. 

Wellington Dias falou também da importância do Ministério da Saúde e a aquisição desses novos respiradores. Para ele, as medidas do Governo Federal quanto a liberação de verbas, precisam acontecer. “Quando o vírus está em uma pessoa, ela atinge logo o pulmão, causando a falta de ar. Se não há respiradores, ou o paciente morre ou fica com sequelas. Não queremos ter que chegar na situação que a Itália passou, tendo que escolher quem morre ou quem vive”, afirma. 

Ele esclarece ainda em sua fala que a luta agora não se trata de lados partidários. “Não se trata de quem está do lado do Bolsonaro ou não. A luta agora é uma só, que é contra o Coronavírus. Quero trabalhar junto, independente se gosta ou se não gosta de mim, mas precisamos trabalhar juntos.”, reitera. 

Reabertura do comércio 

Sobre a possibilidade da reabertura do comércio, o governador disse que o decreto permanece. “Eu sei a importância da economia pra todo mundo, eu tenho sensibilidade. Mas nós vamos seguir a ciência, o comitê de urgência do Piauí, que tem sintonia com as demais entidades relacionadas a saúde no Brasil e no mundo”, finaliza.


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp
Siga-nos

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar