O Governo do Estado assinou, nesta terça-feira (5), o contrato da Parceria Público-Privada Piauí Conectado. Por meio da implantação da PPP, o Estado melhora a qualidade dos serviços prestados aos servidores públicos e aos cidadãos piauienses com expansão e universalização do acesso à internet e redução dos custos operacionais e administrativos.

Sobre a PPP, o chefe do Executivo estadual falou: “nos alegramos muito hoje com essa parceria, e, por meio dela, vamos ter grandes avanços em diversos serviços públicos, na área de educação, por meio do ensino a distância, na saúde com a telemedicina, maior rapidez no atendimento e acesso a informações para a população e maior eficiência do gerenciamento e controle do Estado, garantindo à população serviços totalmente desburocratizados e acessíveis”.

Governador assina PPP Piauí conectado e serviços serão melhorados (Crédito: Reprodução/Facebook)
Governador assina PPP Piauí conectado e serviços serão melhorados (Crédito: Reprodução/Facebook)

O Governo do Estado conta hoje com 630 pontos de internet e paga R$ 7.090 por ponto. Com a PPP, o Estado terá 1.500 pontos de internet pagando R$ 2.788,04 por ponto. A PPP traz um contrato com custo menor sendo mais viável para o Estado essa parceria.

“Essa é a primeira PPP do país voltada para a implantação de fibra óptica e esse processo foi fruto de estudos estruturados pela Globaltask junto à Superintendência de Parcerias Público-Privadas e Agência de Tecnologia do Estado. Nós demoramos praticamente dois anos e meio até a finalização do processo. Por meio do Piauí Conectado, 96 municípios serão atendidos diretamente pela rede de fibra óptica, o que permitirá o acesso à informação a aproximadamente 2,4 milhões de pessoas em todo o Piauí, o que corresponde a 80% da população”, ressaltou Viviane Moura, superintendente de Parcerias e Concessões do Governo do Estado.

Governador assina PPP Piauí conectado e serviços serão melhorados (Crédito: Reprodução/Facebook)
Governador assina PPP Piauí conectado e serviços serão melhorados (Crédito: Reprodução/Facebook)

O acesso à banda larga é um fator preponderante para acelerar o desenvolvimento social e econômico de um Estado, contribuindo para qualidade de vida, gerando emprego com maior qualificação e incrementa o Produto Interno Bruto (PIB). A PPP, além de modernizar, significativamente, a forma de prestação de serviços do Estado, melhora a qualidade da relação dos órgãos públicos com os cidadãos, garantindo, por meio da conectividade, amplo o acesso à informação.