Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Governo corta condição especial de trabalho para cumprir LRF

Na nova política de contenção de gastos adotada pelo Executivo, inclui-se o corte da condição especial de trabalho, que só conti- nuará a ser paga aos servidores que possuem cargo de confiança

Compartilhe

A política de contenção de despesas adotadas pela atual gestão do Poder Executivo tem refletido diretamente nas ações de todas as pastas do Governo do Estado. A medida se fez necessária devido ao descumprimento do limite de 49% estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) para o pagamento da folha de pessoal.

A situação tem preocupado, principalmente, pela imposição de sanções ao Piauí, que passam desde a suspensão de transferências da União e concessão de empréstimos.

O secretário estadual de Administração, Franzé Silva, explicou ontem as medidas administrativas adotadas, tranquilizando os servidores quanto a sua preservação nos postos.

“São medidas necessárias e urgentes adotadas levando em consideração não apenas os servidores, mas todos os piauienses que precisam de um Estado economicamente viável e capaz de cumprir com suas obrigações”, comentou.

Desse modo, na nova política de contenção de gastos adotada pelo Executivo, inclui-se o corte da condição especial de trabalho, que só continuará a ser paga aos servidores que possuem cargo de confiança.

A ação atinge os comissionados, que receberiam o complemento irregularmente. No que diz respeito as horas extras, elas serão suprimidas do contra-cheque e os contratos temporários não serão renovados após o seu fim. “Todos os órgãos receberam uma circular informando a necessidade de cumprimento da LRF”, apontou o gestor.

De acordo com o secretário, todas as medidas adotadas fazem parte do plano que busca alinhar o Piauí ao desenvolvimento, oferecendo condições para que novos investimentos possam ser realizados.

“É uma forma de assegurar que o funcionalismo público estadual continue recebendo os seus salários rigorosamente em dia e a nossa capacidade de investimento na construção do Piauí que queremos sejam preservadas”, sinalizou.

Clique aqui e curta o Meionorte.com no Facebook


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar