Governo do Piauí investe R$ 58 milhões na construção de adutora

Adutora garantirá abastecimento em municípios do litoral.

A chegada das férias escolares movimenta o litoral piauiense. Nessa época do ano, aumenta consideravelmente o número de turistas em Parnaíba, Luís Correia e no povoado de Barra Grande, em Cajueiro da Praia, movimentando o comércio local e gerando emprego e renda, além de aumentar a demanda por serviços básicos.

É justamente um desses serviços básicos, o abastecimento de água, que o Governo do Estado irá sanar, com a construção da Adutora do Litoral, um moderno sistema de captação e abastecimento que deve suprir a demanda de todos os municípios da região litorânea durante os próximos 30 anos.

Governo do Piauí investe R$ 58 milhões na construção de adutora
Governo do Piauí investe R$ 58 milhões na construção de adutora

"Nosso compromisso é de consolidar este polo de serviços e produção, onde o turismo é o carro chefe, para o Brasil e para o mundo. A adutora do litoral é um projeto antigo, sonhado e que agora está se tornando realidade", destacou o governador Wellington Dias.

Iniciada em junho, a obra segue em plena atividade e deve ser entregue no prazo de 12 meses. Ao todo, serão investidos R$ 58 milhões na construção de 69,5 km de adutora. A tubulação possui um ramal que vai de Luís Correia, passando pelas praias do Coqueiro, Barramares, Arrombado, Carnaubinha, Maramar, Macapá, Sobradinho, Camurupim, cidade de Cajueiro da Praia e praias de Barrinha e Barra Grande. Outro ramal vai de Parnaíba para Ilha Grande e Pedra do Sal.

Adutora garantirá abastecimento em municípios do litoral
Adutora garantirá abastecimento em municípios do litoral

A água será captada diretamente do Rio Parnaíba, passando pela Estação de Tratamento do município de Parnaíba. “A Adutora do Litoral vai levar água desde Luís Correia, chegando em Barra Grande, onde, além de melhorar a qualidade de vida da população local, vai estimular o turismo, pois vai dar as condições para novos investimentos como hotéis, resorts e restaurantes no nosso litoral”, explicou o diretor do Instituto de Desenvolvimento do Piauí (Idepi), Geraldo Magela.

A expectativa é compartilhada por moradores e donos de empreendimentos locais, que, atualmente, têm na retirada de água de poços artesanais, em um sistema ainda primário, a principal fonte de água potável. “Nós esperamos essa obra com muita ansiedade, porque é uma promessa antiga do Governo do Estado e nós estamos acompanhando todo o processo de perto. Infelizmente, a água ainda é uma restrição gravíssima para nossa comunidade, então é de extrema importância a chegada dessa adutora para todas as famílias que residem no litoral”, pontua a presidente da Barra Viva - Associação de Donos de Pousadas e Restaurantes de Barra Grande, Natália Borghi.

"Geramos emprego, que é o principal desafio e objetivo do Governo no Piauí e mais empregos ainda após a conclusão da obra. Qualidade de vida para os nativos e para os turistas", concluiu Wellington.

Fonte: Portal do Governo do Piauí