Na manhã desta quinta-feira (18), ocorreu o lançamento da 44ª edição do Encontro Nacional de Folguedos, durante solenidade no Palácio de Karnak. O evento inicia na próxima terça-feira (23) e segue até o dia 28 de agosto, na Vila Olímpica do Albertão, com apresentações de grupos folclóricos, feira de artesanato, praça de alimentação, decoração especial em homenagem aos 200 anos da independência do Brasil e shows abertos ao público. 

O evento retoma após dois anos de pandemia da Covid-19 e traz como tema Mimbó de Cores e Fitas, homenageando a tradicional manifestação cultural do Piauí: o Pagode do Mimbó, oriundo da comunidade quilombola de Amarante, que resiste e preserva sua cultura há mais de 200 anos. 

Lançamento do Folguedos 2022, no Palácio de Karnak | FOTO: Divulgação/Governo do PiauíLançamento do Folguedos 2022, no Palácio de Karnak | FOTO: Divulgação/Governo do Piauí

A governadora Regina Sousa disse que a retomada do Encontro Nacional de Folguedos vai ser uma grande festa. "Tem tudo para ser um sucesso, pois é uma festa esperada. Espero muita alegria, música e paz, pois esse País precisa de paz", disse, enfatizando que além de resgatar a cultura, o encontro mobiliza a economia, já que o evento atrai e fomenta o empreendedorismo, principalmente para quem atua no mercado de alimentos.

Regina Sousa no lançamento do Folguedos 2022, no Palácio de Karnak | FOTO: Divulgação/Governo do PiauíRegina Sousa no lançamento do Folguedos 2022, no Palácio de Karnak | FOTO: Divulgação/Governo do Piauí

O secretário estadual de Cultura, Carlos Anchieta, garante que este será o melhor folguedos de todos os tempos. "Temos no Piauí as melhores quadrilhas do Brasil e neste ano teremos no palco principal grandes atrações, como Elba Ramalho, Solange Almeida, Joelma, Chicão dos Teclados, além de atrações locais, como Coral de Vaqueiros, Gonzaga Lu, Antonio do Acordeom, As Quebradeiras de Coco", informa.

Lançamento do Folguedos 2022, no Palácio de Karnak | FOTO: Divulgação/Governo do PiauíLançamento do Folguedos 2022, no Palácio de Karnak | FOTO: Divulgação/Governo do Piauí