Governo do Piauí vai patrocinar filme sobre a Serra da Capivara

Niède Guidon será homenageada no documentário

O Governo do Estado do Piauí será um dos patrocinadores majoritários do vídeo documentário da arqueóloga Niède Guidon. A confirmação foi feita em reunião nesta terça-feira (21) no Palácio de Karnak, com a presença das secretarias de Estado de Cultura, Turismo, Educação e Comunicação e a proponente do projeto, a produtora piauiense B&T Audiovisual.


Para a realização do documentário, a produtora piauiense vai contar com o apoio da Lente Viva Filmes, vencedora do Festival In-Edit e a primeira no país a ser selecionada para o Jihlava Film Festival, na República Tcheca. O filme gravado no Piauí vai abordar a trajetória de criação do Parque Nacional Serra da Capivara, trilhando a história de Guidon.

“O objetivo desse documentário é contar a história de uma mulher fascinante chamada Niède Guidon. Através dela, a gente vai apresentar a cultura do povo do Piauí, as belezas da Serra da Capivara, os fascínios das pinturas rupestres e vamos revelar também a história de vida de uma mulher extremamente fascinante”, explica o cineasta paulista Tiago Tambelli.


O Governo do Estado aprovou o patrocínio de 35% dos recursos previstos para a realização do filme. A produção do filme será concluída em maio e gravação feita durante o ano de 2017, com previsão de lançamento no segundo semestre de 2018.

“Fico feliz com essa integração, a gente poder trabalhar com profissionais do Piauí, integrado com profissionais do Brasil e ainda de poder ter esse compromisso além do filme, de poder contribuir com a integração com universidades, com a escolas, com a própria área de pesquisa histórica”, pontuou Dias.

De acordo com o governador, o projeto vai documentar e divulgar ainda mais o Parque Nacional Serra da Capivara e as pessoas que o constroem, projetando ainda mais a reserva e a importância de suas riquezas para a história do Homem Americano e da humanidade.

“O filme tem como mérito fazer a arqueologia brasileira ter importância, se destacar e colocar no cenário mundial uma região do Brasil, no Piauí, que é a Serra da Capivara. Também me anima o fato de isso estar integrado com a história dos nativos, das descobertas da arqueologia, ou seja, conhecer mais, através de uma linguagem cinematográfica que é mais fácil da população entender”, pontuou Dias. “Haverá um grande ganho porque muita gente vai se interessar por essa história”, concluiu.


Fonte: Ccom