Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Grupo usa site de leilão para aplicar golpes a empresários no Piauí

Golpes virtuais disparam com covid-19, segundo pesquisa.

Compartilhe

Um quadrilha tentou aplicar um golpe contra um empresário na cidade de Oeiras, no sul do Piauí, através da clonagem de um site de leilões. De acordo com informações da vítima, em reportagem ao portal Integração, eles entraram em contato via whatsapp, enviaram um link como suporte para tirar dúvidas, um número para chamada e o link do site. 

Ainda segundo as informações  do empresário, que não quis se identificar,  os golpistas enviam um documento com a simulação do valor de depósito para que reconheça firma em cartório, assine e deposite o valor estipulado na compra do lote. Os criminosos estão clonando sites de leilão para aplicar o golpe. Nas páginas, eles expõem carros com preços atraentes, a vítima deposita o dinheiro na conta dos golpistas e não recebe o carro nem o dinheiro de volta, informa a reportagem. Ao perceber a ação criminosa, imediatamente ele denunciou o fato à imprensa local. 

Empresário no Piauí é vítima de tentativa de golpe em clonagem de site de leilão (Reprodução/ Portal Integração)

Número de golpes virtuais cresce durante a pandemia 

Entre 20 de março e 18 de maio, a busca de informações pessoais e bancárias de brasileiros na chamada dark web cresceu 108%, de acordo com uma pesquisa feita pela Refinaria de Dados, empresa especializada na coleta e análise de informações digitais. O número de buscas diárias alcançou 19,2 milhões ante 9 milhões no período pré-covid-19. Outro dado que corrobora o aumento das tentativas de golpes virtuais é o crescimento dos chamados phishings, nome dado a prática que usa e-mail ou SMS para roubar informações do usuário. 

Segundo informações da Federação Brasileira de Bancos (Febraban), o número de phishings aumentou 70% no pós-covid. Neste caso, os criminosos enviam mensagens com informações que chamam a atenção do usuário, que clica em um link e, a partir daí, permite a captura dos dados pessoais. 





Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar