Guardas municipais são flagrados fazendo sexo em Batalhão

Guardas podem ser expulsos da corporaçã

Dois alunos da Guarda Municipal da cidade paranaense de Cascavel foram flagrados fazendo sexo em um alojamento de um Batalhão de Polícia Militar no último domingo (16) e podem ser expulsos da corporação.

A polícia pediu o afastamento dos servidores para que a situação seja apurada. O homem e a mulher flagrados são alunos do curso de capacitação que tem duração de três meses e entraram na folha de pagamento do município em junho deste ano.

De acordo com o comandante do Batalhão, coronel Eudes Camilo da Cruz, os dois foram flagrados por um supervisor que fazia a ronda do batalhão e a PM pediu o desligamento de ambos da Guarda Municipal.

“Diante dessa situação, como são funcionários municipais, nós não temos competência administrativa sobre eles. O caso foi passado para a Comissão de Concurso da Guarda Municipal para que tome providências imediatas para essa situação grave e inadmissível de acontecer dentro do batalhão. Nós pedimos o afastamento e o desligamento da Guarda Municipal”, afirmou.

De acordo com a prefeitura de Cascavel, o departamento de Recursos Humanos foi informado sobre o caso na segunda-feira (17) e que a Comissão de Concurso ainda analisa o caso.

“A diretoria do Departamento de Recursos Humanos da Prefeitura, Vanilce Schenfert, informa que o setor foi comunicado ontem pela Polícia Militar a respeito do episódio, porém ainda não existe decisão de parte da comissão do RH que examinará o assunto. Isso deve começar a partir da tarde desta terça-feira. De acordo com o Estatuto do Servidor, seja qual for o resultado, que poderá ser pela exclusão ou não, nesse tipo de situação o servidor tem três dias para apresentar recurso, no caso de eventual decisão desfavorável”, disse a prefeitura em nota.

Guarda Municipal de Cascavel (Crédito: Reprodução)
Guarda Municipal de Cascavel (Crédito: Reprodução)




Fonte: Com informações do Uol
logomarca do portal meionorte..com