Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Harvey Weinstein é condenado a 23 anos por estupro e agressão sexual

A sentença foi dada na corte penal estadual de Manhattan

Compartilhe

Harvey Weinstein, ex-produtor de Hollywood de 67 anos, foi condenado a 23 anos de prisão, no caso em que era acusado por estupro e agressão sexual.

Ele chegou ao tribunal de Nova York na manhã desta quarta-feira (11) para receber a sentença. Weinstein estava usando cadeira de rodas e algemas.

A sentença foi dada na corte penal estadual de Manhattan e é o desfecho de um julgamento emblemático para o #MeToo, após um veredicto histórico em 24 de fevereiro que levou à primeira vitória na Justiça deste movimento contra assédio e agressão sexual.

Quais são as condenações de Weinstein?

O júri considerou Weinstein culpado de agressão sexual em primeiro grau por praticar sexo oral forçado na ex-assistente de produção Mimi Haleyi, em julho de 2006.

O produtor de filmes como "Pulp Fiction" e "Shakespeare Apaixonado" também foi declarado culpado de estupro em terceiro grau da ex-atriz Jessica Mann, em um crime de março de 2013.

Haleyi e Mann foram recebidas sob aplausos por pessoas que estavam em frente ao tribunal aguardando o resultado do veredicto.

Por quais crimes Weinstein foi absolvido?

Harvey foi considerado inocente do crime de estupro em primeiro grau de Mann. Ele também não foi condenado no caso de duas acusações de ser um predador sexual, os delitos mais graves no processo e que poderiam levá-lo à prisão perpétua.

Os procuradores pediram que fosse aplicada uma sentença severa, já que Weinstein cometeu abusos "durante toda sua vida" e mostrou "total falta de remorsos" por suas ações.

Em uma carta, solicitaram ao juiz que considere outras 36 acusações de assédio e de agressão sexual contra Weinstein, que são dos anos 1970 e não fizeram parte do processo.

Weinstein "mostrou uma atitude de superioridade e uma total falta de compaixão pelo próximo", escreveu a promotora Joan Illuzzi. Já a defesa pediu ao juiz que aplique a pena mínima, porque Weinstein é um profissional bem-sucedido que ganhou dezenas de prêmios.

Pai de cinco filhos, o produtor de cinema não foi preso imediatamente após o veredicto, porque começou a sentir palpitações e dores no peito. Ele foi levado para um hospital, onde ficou vários dias internado.

Harvey foi submetido a uma cirurgia cardíaca e, em 5 de março, transferido para o presídio de Rykers Island, em Nova York .


AP Photo/Seth Wenig 


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar