Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Hemopi passará a coletar hemoderivados por aférese

Hemopi passará a coletar hemoderivados por aférese

Compartilhe

A vida de milhares de piauienses que precisam de hemoderivados, tais como plaquetas e hem?ceas, ir? melhorar a partir de janeiro de 2008. A implanta??o de coleta de sangue por af?rese vai revolucionar a assist?ncia a esses pacientes, segundo avalia??o da coordenadora de Educa??o e Sa?de do Centro de Hematologia e Hemoterapia do Estado do Piau? (Hemopi), psic?loga e pedagoga Veronesia Rosal.

Af?rese, que significa "separar" ou "retirar", ? um procedimento no qual um componente sang??neo ? separado e coletado atrav?s da utiliza??o de um equipamento automatizado. Veronesia Rosal explicou que o sangue do doador volunt?rio passa pela m?quina, que seleciona apenas o hemocomponente desejado, com total seguran?a para o doador.

Quando iniciar o servi?o, o Hemopi estar? se equiparando aos mais avan?ados hemocentros do Brasil e de pa?ses desenvolvidos. "Seremos uma refer?ncia nesse tipo de procedimento", disse. Uma equipe do Hemopi j? foi treinada e o espa?o f?sico onde o equipamento ser? instalado j? foi adaptado. "Est? tudo pronto para iniciarmos o procedimento", garantiu.

Os funcion?rios do Hemopi est?o comemorando, porque h? mais de dez anos lutam pela implanta??o do servi?o. Veronesia Rosal disse que ser?o beneficiados especialmente os pacientes oncol?gicos, portadores de coagulopatias, leucemia e dengue hemorr?gica, entre outros.

Ela explicou que a af?rese ser? utilizada principalmente para coleta de concentrado de plaquetas que podem ser obtidas tanto por doa??o de sangue convencional como por af?rese. Por?m, este ?ltimo procedimento permite a coleta em quantidade maior, equivalente a oito doa?es de sangue.

Como ? feita a doa??o por af?rese

A doa??o automatizada por af?rese ? feita usando uma m?quina especialmente projetada, que cont?m um circuito descart?vel e est?ril no qual o sangue circula. O doador ? conectado ao aparelho. Em seguida, separadores celulares de sangue coletam 10% das plaquetas do doador.

Depois, as plaquetas s?o separadas e armazenadas em uma bolsa. Enquanto isso, os demais componentes do sangue s?o devolvidos ao doador. "A medula ?ssea do doador rep?e as plaquetas retiradas em apenas 24 horas, e como o tempo de reposi??o das plaquetas ? menor, dentre todos os hemocomponentes, o mesmo doador pode fazer outra doa??o dentro de 48 horas, sem nenhum preju?zo", disse. Outros componentes do sangue s?o repostos entre 60 dias e 90 dias.

Quem ser? beneficiado

Todos os pacientes que necessitam de hemocomponentes poder?o ser beneficiados com o equipamento de af?rese. Ela disse que o Hemopi espera dar celeridade ao fornecimento de hemoderivados, ap?s a implanta??o do servi?o.

Segundo ela, 100% dos pacientes internados nos hospitais de Teresina, precisando de plaquetas, poder?o ser finalmente atendidos. "O equipamento de af?rese aumenta a capacidade de doa??o e obten??o de plaquetas com qualidade cinco a oito vezes maior do que aquelas extra?das por doa??o convencional", afirmou.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar