Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Homem é preso suspeito de matar 3 crianças eletrocutadas no Maranhão

Francisco Alves da Silva foi preso na cidade de Dom Eliseu, no estado do Pará; Ele é suspeito da morte de três crianças ocorrida no ano de 2016 em Bacabal.

Compartilhe
Google Whatsapp

A polícia prendeu na cidade de Dom Eliseu, no estado do Pará, Francisco Alves da Silva, que é suspeito da morte de três crianças ocorrida no ano de 2016 em Bacabal, a 240 km de São Luís. As informações são do G1.

Francisco Alves, que já está em Bacabal, foi preso durante uma operação conjunta entre as polícias do Pará e do Maranhão. Francisco havia fugido de Bacabal logo após a morte dos três meninos, de idades de 6, 8 e 11 anos, que costumavam jogar bola nas proximidades da casa dele.

Na época, a bola caiu no quintal da casa de Francisco Alves e um dos meninos foi buscar e pisou num arame farpado que estava eletrificado. Os outros dois garotos foram ajudar e também acabaram morrendo vítimas de descarga elétrica.

Os parentes das vítimas afirmam que o arame energizado foi uma armadilha preparada por Francisco Alves da Silva.

 Policial recolhe cerca onde crianças foram mortas em Bacabal (MA) — Foto: Valdo Lima 


Siga nosso canal no telegram
Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Fique por dentro

Receba notícias quentinhas diretamente no seu whatsapp

Continuar

Falta pouco, agora escolha as categorias que deseja receber notícias

Aperte (ctrl + clique) para selecionar vários
Pronto!

Agora você passará a receber novidades diretamente no seu whatsapp.

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto