Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Homem mata esposa e amigo dela por ciúmes; rapaz era gay

Segundo informações da 5ª DP, uma guarnição da Polícia Militar foi acionada por volta das 19h30 por vizinhos do casal, que ouviram uma discussão e, em seguida, barulhos de tiros.

Compartilhe
Google Whatsapp

Uma mulher foi morta a tiros pelo marido na noite desta quarta-feira, dia dos namorados, no apartamento onde vivia em Cruzeiro, no Distrito Federal. O autor dos disparos matou também um homem. Segundo relatos de pessoas próximas à vítima, o militar da Aeronáutica Juenil Queiroz, de 56 anos, teria sentido ciúmes de Francisca Naidde de Oliveira Queiroz, de 57 anos, alegando que ela estaria mantendo um caso extraconjugal com Francisco de Assis, de 41 anos, embora este fosse casado com um homem.

Segundo informações da 5ª DP, uma guarnição da Polícia Militar foi acionada por volta das 19h30 por vizinhos do casal, que ouviram uma discussão e, em seguida, barulhos de tiros.

Quando os PMs chegaram ao local, se deparam com várias pessoas gritando por socorro e informando que o autor dos disparos, que era o síndico do prédio, tinha saído correndo. Juenil não conseguiu, porém, ir muito longe. Ele foi encontrado pelos policiais no estacionamento, ainda com a pistola calibre .380 usada no crime. Ao entregar a arma de fogo, confessou ter efetuado os disparos.

Levado para a Central de Flagrantes, foi acusado da prática de feminicídio e homicídio consumados. Ele foi recolhido às dependências do Comando da Aeronáutica, onde permanecerá detido à disposição da justiça.

Nas redes sociais, amigos e parentes de Francisca deixam para ela mensagens de despedida.

"Essa é uma amiga que hoje está nos braços do pai, morta pelo marido, com um ciúmes doentio, alegou que tinha matado ela por que ela estava tendo um caso, agora como pode uma mulher de Deus, temente ao Senhor, mulher direita, mãe de família ter um caso, ainda mais por que o rapaz era homossexual casado! Que também foi morto pelo marido, marido esse que bateu nela, ela prestou queixa dele mas voltou pra ele. Doente, os homens estão doentes! Que agora ela tenha paz!", escreveu uma usuária do Facebook.


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Fique por dentro

Receba notícias quentinhas diretamente no seu whatsapp

Continuar

Falta pouco, agora escolha as categorias que deseja receber notícias

Aperte (ctrl + clique) para selecionar vários
Pronto!

Agora você passará a receber novidades diretamente no seu whatsapp.

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto

×