Incêndio no entorno da Serra da Capivara deixa região devastada

O incêndio aconteceu no Baixão das Canoas, área da Serra Vermelha

A prefeitura de São Raimundo Nonato divulgou fotos mostrando a devastação ocorrida após incêndio que aconteceu no início da tarde do último sábado (21) no povoado Canoas que fica próximo ao Parque Nacional da Serra da Capivarae que abriga inscrições rupestres no Sul do Piauí.

O Baixão das Canoas, área da Serra Vermelha, foi o local mais atingido pelo fogo. O local é um dos cartões postais visitados por turistas e é composto por vales e grandes rochas que emolduram a caatinga onde é possível avistar o voo das andorinhas por um cânion de 90 metros de profundidade.

Joaquim Neto
(Crédito: Joaquim Neto)

Na faixa de seis a 15 centímetros de solo toda a microfauna é destruída. O nitrogênio que enriquece o solo acaba sendo volatilizado (torna-se gás) e deixa o solo prejudicando o ciclo de nutrientes causando impacto à fauna e flora, incluindo reptéis, como cobras e lagartos, além de tatus, aves e microfauna, incluindo insetos e microrganismos do solo.

O biólogo e secretário do Meio Ambiente de São Raimundo Nonato, André Landim, alerta que a conscientização nas escolas e comunidades limítrofe ao parque é a chave para que incêndios sejam evitados.

Na tarde desta segunda-feira (23), novos focos de incêndio foram registrados. Mas, o Tenente William da Opeação Aérea Militar do Piauí informou que foram realizados sobrevoo, na tarde desta terça-feira (24) para monitoramento aéreo e disse que não foi observado mais foco de incêndio e nem mesmo de fumaça. Ele informou que ainda não se tem uma estimativa para o tamanho das áreas atingidas, pois o objetivo é cessar totalmente os focos.

 (Crédito: Joaquim Neto)
(Crédito: Joaquim Neto)
 (Crédito: Joaquim Neto)
(Crédito: Joaquim Neto)


Fonte: com informações do site da Prefeitura de São Raimundo Nonato
logomarca do portal meionorte..com