Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Inquérito de Marielle teve agente infiltrado, revela novo livro

Informação é parte de "Mataram Marielle", de autoria dos repórteres Vera Araújo e Chico Otavio

Compartilhe

A Polícia Civil do Rio utilizou um agente disfarçado de morador de rua para encontrar uma das testemunhas oculares do assassinato de Marielle Franco.

Infiltrado, o policial localizou o morador de rua que viu quando um homem, sentado no banco de trás do Cobalt prata, apontou uma arma e atirou contra o Agile em que estavam Marielle, a chefe de gabinete dela e o motorista Anderson Gomes.

Só depois a polícia e o MP do Rio descobriram que o homem era o sargento reformado da PM, Ronnie Lessa.

Livro conta os bastidores do caso Marielle. Foto: Márcia Foletto / Agência O Globo 

Esta é uma das diversas histórias reveladas em Mataram Marielle, livro que será publicado pela editora Intrínseca em novembro, de autoria dos repórteres Vera Araújo e Chico Otavio.

Araújo foi quem, antes da polícia, encontrou o morador de rua e a outra testemunha ocular do crime.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar